A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Projetos Gringos

Os melhores games e equipamentos que você pode comprar para curtir o fim de ano

Com o fim do ano chegando, você finalmente vai ter aqueles diazinhos a mais de folga e, se tudo der certo, grana no bolso. Há quem prefira sair e curtir, mas também há quem aproveite para botar a diversão eletrônica em dia. Por diversão eletrônica, queremos dizer games.

Games de carro — simuladores, arcades, uma mistura dos dois… tanto faz: o importante é jogar. Por isso, selecionamos alguns games e equipamentos que você dar de presente a alguém neste Natal, mesmo que o presenteado seja você mesmo — o que, pensando bem, não é nada ruim, concorda?

 

Forza Horizon 2 (Xbox One)

Se Forza Horizon, de 2012 foi um dos primeiros games a investir na fórmula das corridas online e fazer tudo funcionar direito, a sequência Forza Horizon 2, lançada mundialmente no último dia 30 de setembro, melhorou todos os aspectos. Todas as coisas legais que curtimos no primeiro game estão em FH2 — e outras foram adicionadas. O mapa agora é três vezes maior e o game se passa na França (antes, o cenário era o estado do Colorado, nos EUA), há uma “Bucket List” de objetivos a serem cumpridos (e são atualizados periodicamente) e agora os dias e noites passam dinamicamente na versão para Xbox One, que usa a engine gráfica de Forza 5.

Forza Horizon 2 custa entre R$ 180 e R$ 200 na maioria dos e-commerces brasileiros.

 

Gran Turismo 6 (PlayStation 3)

Ao menos tecnicamente, Gran Turismo está atrás de Forza Motorsport — visto que Forza já chegou à nova geração de consoles, enquanto GT6 ainda não saiu do Playstation 3. Se para alguns isto significa que temos um vencedor neste debate eterno, por outro lado pode ser uma boa oportunidade para compraqr um excelente game de corrida por um preço bem camarada — afinal, a versão brasileira do clássico Real Driving Simulator com conteúdo especial de Ayrton Senna custa a partir de R$ 60 em lojas online.

ps3senna

Agora, se a verba está mais alta, que tal comprar um box especial que inclui um PS3 e GT6? Nesse caso, é possível pagar menos de R$ 1.000 reais pelo kit e ter diversão garantida para 2015. Curtiu?

 

The Crew (PC)

Em desenvolvimento por mais de quatro anos, The Crew só foi lançado no Steam há quatro dias e é o game de corrida mais vendido. Trata-se de um jogo semelhante a Forza Horizon 2 em alguns aspectos, como o mundo aberto, mas a história (que leva mais de vinte horas para ser completada) envolve se infiltrar em uma gangue de pilotos de rua para detê-los (como Brian O’Conner em “Velozes e Furiosos”) atravessando os EUA de costa a costa em um mapa aberto de tamanho generoso que leva 45 minutos para ser percorrido. Custa a partir de R$ 99,99 no Steam.

 

GTA V (PS4 e Xbox One)

Grand Theft Auto V foi universalmente aclamado no primeiro release, em setembro de 2013, para a geração passada de consoles — história, música, gráficos e jogabilidade o tornaram um sucesso imediato de público e crítica (e o ar de nostalgia pela volta da cidade de Los Santos deve ter ajudado, também). No mês passado, a nova geração recebeu uma versão atualizada — com gráficos ainda melhores e um espetacular modo em primeira pessoa que deu uma nova vida ao game e tornou todas as experiências vividas pelos personagens muito mais imersivas e intensas, da violência ao sexo. Custa entre R$ 170 e R$ 190 nas lojas virtuais mais conhecidas.

 

Mario Kart 8 (Wii U)

Prepare-se para ficar cheio de nostalgia, porque você não precisa tirar a poeira do seu velho Super Nintendo para jogar Mario Kart. O oitavo game da franquia, habilmente chamado de Mario Kart 8, foi lançado em junho deste ano e une novidades (como o modo “anti-gravidade”) e homenagens ao passado, como todas as pistas clássicas remasterizadas. Se o Wii U não é o game mais popular entre os entusiastas mais hardcore dos games de corrida, por que não aproveitar o lado divertido da coisa? Afinal, esta é a razão de ser dos videogames desde sempre: divertir. Custa entre R$ 180 e R$ 200 na maioria das lojas virtuais.

 

Chaves Kart (PS3)

Falando em games de kart, que tal relembrar o personagem mais querido do saudoso Roberto Bolaños com Chaves Kart? O game, lançado em maio deste ano, surpreendeu por não ser mais um clone do jogo do encanador  mais famoso do mundo e oferecer diversos modos, power ups e 10 pistas (20, se contarmos as versões espelhadas), além de três modos de jogo principais: Torneio, onde você disputa um campeonato para liberar personagens e outros recursos; Desafios, com várias missões com nível de dificuldade crescente, e Corrida Livre, que te permite escolher um personagem e uma pista para jogar sozinho ou com amigos.

O legal é que o game está todo em português, incluindo a dublagem do idêntica à do desenho — algo que, apesar de não trazer todas as vozes clássicas do seriado, te faz se sentir em casa. E talvez ainda mais nostálgico do que Mario Kart. Para PS3, custa entre R$ 85 e R$ 100.

 

Game Stock Car (PC)

Sempre que alguém criticar a indústria de games brasileira dizendo que não se fazem bons jogos por aqui, mostre a eles o Game Stock Car, da Rieza Studios. O jogo, que foi lançado em 2010, usa a engine isiMotor (a mesma de rFactor) para simular corridas, treinos e campeonatos da Stock Car brasileira. O resultado? Um game surpreendentemente realista, que te coloca para acelerar em Interlagos (atual e da década de 1970), Jacarepaguá, Velopark, Granja Viana e mais.

Quanto aos carros,  que tal, além dos bólidos da Stock Car atual, pilotar o o Mini Challenge, o Camaro SS Safety Car, monopostos inspirados em carros de Fórmula 1 de diferentes épocas e até os clássicos Opala Stock? Tudo isto em modos de jogo que incluem Corrida (um dia de corrida, com direito a dia de treino, classificação e a corrida em si); Dia de Teste (dê quantas voltas quiser para conhecer melhor cada carro e cada pista) e Campeonato, que segue as mesmas regras da Stock Car real. Tudo por R$ 69,90 (versão digital) ou R$ 79,90 (versão física)(Sugestão de Lucas Neves)

 

Assetto Corsa

Assetto Corsa é um dos mais recentes simuladores de corrida do mercado, e um dos mais inovadores — além de contar com uma engine física impecável e com desenvolvedores de renome, que já trabalharam em netKar Pro Ferrari Virtual Academy, tem uma bela lista de carros e circuitos escaneados a laser, como Imola, Monza, Silverstone e, em breve, Nürbugring Nordschleife.

Outro aspecto interessantíssimo é o fato de o game ser desenvolvido pensando nos vários mods que o público dos simuladores adora fazer — na verdade, os desenvolvedores até estimulam esta prática e fornecem ferramentas de programação específicas. Assetto Corse ainda não teve sua versão final lançada, mas você já pode comprar a versão de acesso antecipado por R$ 69,80 — e ainda acompanhar cada atualização feita pela equipe. (Sugestão de Rodrigo Filadelfo)

 

SimBin Mega Bundle (PC)

Seu negócio são mesmo os simuladores? Sem problemas: a desenvolvedora SimBin oferece no Steam um pacotão com com alguns de seus melhores simuladores e pacotes de expansão — entre eles, GT LegendsGTRGTR2 e Race 07, todos baseados no campeonato europeu de turismo. Race 07 é o mais popular deles, com 300 carros divididos em nove categorias diferentes e a íntegra das temporadas de 2006 e 2007 do WTCC.

A vantagem é numérica: enquanto todos os itens separados custariam R$ 143,11, o bundle sai por R$ 72,99 — uma economia de R$ 70,12.

 

Project CARS (PC)

Este ainda não saiu, mas vale esperar: Project CARS está previsto para ser lançado em março de 2015, mas você já pode reservá-lo por R$ 90,99 no Steam. Pense nele como um investimento, pois estamos falando do game que promete ser um dos mais realistas da atual geração de games.

Como? Apostando no visual fotográfico dos carros e cenários e na possibilidade de personalizar absolutamente todos os aspectos do game — pinturas de corrida, adesivos, pacotes de preparação e até eventos inteiros, construindo assim uma carreira e uma verdadeira reputação online.

 

rFactor2 (PC)

Para muita gente, rFactor está no topo da cadeia alimentar para simuladores eletrônicos — principalmente por duas coisas: física impecável e muitos, muitos mods. Mas os nove anos de idade já começam a pesar, e rFactor2. O game é definido por seus desenvolvedores como um “produto em evolução” que nunca está exatamente pronto, e sim sempre recebendo novo conteúdo — oficial ou não.

A maior evolução de rFactor2 está nos gráficos (que deram um belo salto em relação ao original) e na modelagem dinâmica dos pneus, que agora reagem ao asfalto com muito mais realismo (algo importante, visto que eles são a única parte do carro em contato com a pista), reproduzindo ângulos de deriva, desgaste e até as marcas de borracha no traçado ideal em determinado trecho da pista — a atenção a estes detalhes sempre foi a marca de rFactor. Além disso, a sequência também melhorou o mapeamento do force feedback.

É possível baixar uma demo no site oficial, que também oferece o jogo completo por dois valores: US$ 43,99 (R$ 114) e US$ 84,99 (R$ 221) — esta última com acesso online vitalício.

 

Volante Logitech G27

Agora, de nada adianta ter um pacote cheio de simuladores novinhos e não ter o equipamento certo para aproveitar os melhores aspectos de cada um deles. E, quando se pensa em volante para simuladores, automaticamente o Logitech G27 é o que vem à mente. Não é à toa: o este volante é simplesmente um dos melhores do mercado. Feito de aço inox escovado e couro, com molas reforçadas nos pedais e force feedback de dois motores, o G27 é extremamente resistente e tem uma pegada muito realista — auxiliada pela alavanca de câmbio em H com seis marchas em mais ré.

g27

Com vários botões configuráveis, indicador de RPM com LEDs coloridos e hardware muito robusto, o G27 certamente atenderá todas as suas necessidades e mais algumas. Custa a partir de R$ 870 nas principais lojas eletrônicas conhecidas.

 

Volante Thrustmaster T500 RS

thrustmaster

Se você acha que o Logitech G27 é um volante high-end, porém, você ainda não conhece o Thrustmaster T500 RS — que foi desenvolvido especialmente para GT5, mas não funciona só com o game do PS3 e pode ser usado também para jogar simuladores no PC. Embora não tenha alavanca de câmbio — apenas borboletas para trocas sequenciais —, o conjunto impressiona por ser feito de metal e pesar mais de 15 kg quando montado contando as duas peças (volante e caixa de pedais).

O Thrustmaster T500 RS vem com um motor de force feedback que se adapta aos diferentes tipos de terrenos virtuais e, assim, torna nítida e palpável a diferença entre um carro de rali e um monoposto no asfalto, por exemplo. Além disso, tem 30 cm de diâmetro e parece realmente um volante de verdade. É bom e caro, não saindo por menos de R$ 2.000 reais caso você pegue uma promoção, e podendo chegar perto dos R$ 3.500 em algumas lojas — é bom dar uma pesquisada antes de sair comprando.

 

Volante Thrustmaster Ferrari Red Legend Edition

wtv

Licenciado pela Ferrari, o Red Legend é uma opção bem mais econômica para quem faz questão de qualidade. O volante é bem mais básico, sem force feedback ou materiais nobres — contudo, ainda conta com funções programáveis e pedal do freio com sensibilidade progressiva — permitindo modular frenagens com muito mais facilidade.

Além do visual bacanudo, o Red Legend é compatível com todos os games de corrida para PS3 e PC. Custando entre R$ 300 e R$ 350 nas principais lojas online, é uma das melhores opções entre os volantes básicos em termos de custo x benefício. (Sugestão de Goldman)

 

Suporte para volante EXR-S PRO

Se você comprar um volante, provavelmente também vai querer um bom suporte para ele. Existem suportes que cabem em qualquer bolso — como este, um dos mais simples. De fabricação nacional pela Extreme Cockpit Racing, o suporte EXR-S PRO não acompanha um banco concha nem traz suporte para uma tela, mas é um belo primeiro passo para quem não se contenta com a ergonomia da combinação cadeira + mesinha da mamãe. O suporte é feito de tubos de ferro com pintura eletrostática e tratamento anti-ferrugem, é compatível com os principais volantes e tem até porta-copos (um dos luxos a que os corredores virtuais podem se dar sem precisar beber de canudinho pelo capacete). Custa a partir de R$ 300.

 

Cockpit XT Sport

Quer algo de mais alto nível? O cockpit XT Sport, também da Extreme Cockpit Racing, é o mais caro da linha — custa R$ 3.569, mas já inclui, um banco concha com regulagem de encosto e distância nos trilhos e kit de pedais invertidos  para melhor ergonomia (pivotados em cima, não embaixo). Além disso, uma pedaleira dupla também está disponível — sabe quando você desativa a embreagem (ligando a opção auto clutch, presente em quase todo simulador)? A pedaleira dupla é colocada sobre os pedais de freio e embreagem, e assim este último não te atrapalha. Fica até mais confortável!

suporte

Caso já tenha comprado o volante, o suporte sozinho custa R$ 2.090 — um valor bem mais razoável, diga-se.

 

Matérias relacionadas

Uma Fiat Strada de drift com motor V8 Chevrolet. UMA FIAT STRADA DE DRIFT COM MOTOR V8 CHEVROLET!

Dalmo Hernandes

Jesse e seu Volkswagen Jetta de “Velozes e Furiosos” se reencontram quinze anos depois

Dalmo Hernandes

Bloodhound SSC: conheça o carro feito para passar de 1.600 km/h

Dalmo Hernandes