A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Os nomes das fabricantes de automóveis e seus significados, parte 2: da Ford à MG

FlatOut começou uma série especial: o glossário dos fabricantes de automóveis, trazendo os significados dos nomes de dezenas de marcas do mundo todo. Ontem (21), começamos na Alfa Romeo e paramos na Ferrari. Hoje, começamos coma Fiat e terminamos na MG.

Delicie-se nas curiosidades e lembre-se: a continuação vem em breve!

autowp.ru_fiat_uno_turbo_i.e._3

Fiat: a Fabbrica Italiana Automobili Torino, F.I.A.T., foi fundada em 1899 por Giovanni Agnelli em 1899. Em 1906, o nome deixou de ser uma sigla, passando a Fiat.

Ford: a Ford leva o sobrenome de Henry Ford – o cara que, como todos sabem, não inventou o automóvel. Contudo, em 1913, inventou uma maneira mais eficiente de produzi-lo: a linha de produção em série. Com carros sendo fabricados de forma mais barata, rápida e eficiente (no caso, o Ford Modelo T), mais pessoas puderam comprá-los e, assim criar a base para a indústria automotiva como conhecemos hoje.

hispano-suiza_h6c_dubonnet_xenia_by_saoutchik_6

Hispano-Suiza: a companhia original foi fundada em Barcelona, em 1898, pelo espanhol Emilio de La Cuadra, e chamava-se Compañía General Española de Coches Automóviles E. de la Cuadra – por razões óbvias, era conhecida apenas como La Cuadra. Pouco tempo depois, La Cuadra conheceu o engenheiro suíço Marc Birkigt. Em 1902, a companhia passou a se chamar Fábrica Hispano-Suiza de Automóviles, ou simplesmente Hispano-Suiza.

nsx (11)

Honda: a Honda leva o sobrenome de seu fundador, Soichiro Honda, que fundou a companhia como fabricante de motocicletas em 1946 (a primeira moto foi fabricada em 1949. O primeiro carro, lançado em 1953, foi o Honda S500.

Hyundai: a palavra Hyundai deriva do coreano hyŏndae (現代), que significa “modernidade”.

iso_rivolta_gt_2

Iso: quando foi fundada em 1939, a Iso fabricava sistemas de refrigeração e, por isso, se chamava Isothermos. Um processo isotermal ocorre quando as propriedades de um determinado sistema mudam, mas sua temperatura permanece constante. Em 1942, quando foi vendida a Renzo Rivolta, ela foi rebatizada como Iso e assim permaneceu até falir em 1974.

Jaguar: as raízes da Jaguar estão em uma fabricante de motocicletas e sidecars chamada Swallow Sidecar Company, fundada em 1922 por William Lyons e William Walmsley. Em 1934, a companhia passou a se chamar SS Cars, e um dos modelos produzidos era o SS Jaguar. Mas então veio a Segunda Guerra, o mundo parou e, quando tudo voltou ao normal em 1945, os dirigentes da marca acharam mais prudente mudar o nome para Jaguar Cars.

tumblr_static_0000ausfakti-par-laviesu-1

 

Jensen: fundada em 1934, a Jensen herdou o sobrenome de seus fundadores, Alan e Richard Jensen.

autowp.ru_lada_niva_predseriynaya_3

Lada: a origem do nome da fabricante russa Lada é a mesma de seu emblema: uma embarcação dos antigos Vikings chamada lad’ya (ладья).

Lagonda: a Lagonda, fundada em 1906 e comprada pela Aston Martin em 1947, tem este nome por causa de uma aldeia Shawnee (uma tribo indígena da América do Norte) situada onde hoje fica a cidade de Springfield, Ohio. O fundador da companhia, Wilbur Gunn, passou boa parte de sua vida no Reino Unido, mas nasceu em Springfield. Curiosidade: existem dezenas de cidades nos Estados Unidos que se chamam Springfield, mas a Springfield dos Simpsons é fictícia.

Lamborghini: se Enzo Ferrari colocou seu sobrenome em sua fabricante de automóveis, nada mais natural que seu maior rival, Ferruccio Lamborghini, fizesse o mesmo.

stratos-meeting (75)

Lancia: a Lancia foi fundada em 1906 por Vincenzo Lancia e o amigo Claudio Fogolin, e ambos pilotavam carros de corrida da Fiat. Além de ser o sobrenome de Vincenzo, lancia significa “lança” em italiano, e uma das versões do logotipo da companhia trazia uma lança como um de seus elementos.

lincoln-de-verdade (3)

Lincoln: em 1917, o engenheiro Henry Leland e seu filho Wilfred fundaram a Lincoln, batizada em homenagem ao presidente Abraham Lincoln, que foi o primeiro candidato pelo qual Leland votou em sua vida, em 1864.

ford_lotus_cortina_16

Lotus: o primeiro carro de Colin Chapman, construído em 1947 com base no Austin Seven, foi batizado de Lotus, e ele aproveitou o nome quando fundou sua própria fabricante, a Lotus Cars, em 1948. Há algumas teorias a respeito da escolha por este nome. A mais aceita diz que Chapman apelidou sua namorada Hazel Williams, que conheceu em 1945, de lotus blossom (“flor de lótus”), e por isso colocou o nome de Lotus no carro.

marcos-xylon (4)

Marcos: ao contrário do que se pode pensar, a fabricante britânica não tem este nome porque seu fundador se chamava Marcos. Na verdade a companhia foi fundada, em 1959, por Jem Marsh e Frank Costin, veja só: Frank era irmão mais velho de Mike Costin, que em 1958 fundou, ao lado de Keith Duckworth, a Cosworth.

Maserati: a companhia foi fundada em 1914 por Alfieri Maserati. Ele e os irmãos Bindo, Carlo, Ettore e Ernesto sempre se envolveram com o automobilismo. Quando Alfieri morreu, em 1932, os outros Maserati continuaram tocando a companhia.

maybach-exelero

Maybach: a Maybach foi fundada por Wilhelm Maybach em 1909. Uma curiosidade: originalmente, a Maybach era a divisão de automóveis da Luftschiffbau Zeppelin, companhia fundada pelo alemão Ferdinand von Zeppelin, inventor do dirigível batizado com seu sobrenome – comumente aportuguesado como “zepelim”.

Mazda-MX-5_1989_12

Mazda: a palavra mazda vem do sânscrito. Ahura Mazda é o nome do único deus do zoroastrianismo, religião monoteísta surgida no Irã a partir das palavras do profeta Zoroastro (ou Zaratustra, como é mais conhecido em português). No sul da Ásia, a religião também é conhecida como Mazdayasna. Mazda também significa “sabedoria” no idioma sânscrito. A companhia diz também que a palavra Mazda deriva do sobrenome de Jujiro Matsuda, seu fundador, cuja pronúncia é algo como “matsda”.

Mercedes-Benz: o nome Mercedes-Benz foi adotado em 1926 depois da fusão de duas fabricantes de automóveis, a Daimler-Motoren-Gesellschaft, fundada em 1890 por Gottlieb Daimler e Wilhelm Maybach, e a Benz & Cie., fundada por Karl Benz, o pai do automóvel. O nome Mercedes é uma homenagem a Mércèdes Jellinek, filha do piloto austríaco Emil Jellinek, que corria e revendia os carros da Daimler.

mercury

Mercury: divisão da Ford criada por Edsel Ford em 1938, a Mercury foi batizada por ele, que escolheu o nome de uma lista com cerca de 100 opções. A inspiração vem do deus romano do comércio Mercúrio (que se chama Hermes na mitologia grega).

MG: o nome da tradicional fabricante britânica (que hoje pertence aos chineses, mas vamos fingir que não sabemos) vem de Morris Garages, rede de concessionárias fundada por W R Morris. A criação da MG Cars foi ideia do diretor comercial Cecil Kimber, que em 1924 começou a fabricar automóveis e adotou as iniciais da empresa em que trabalhava.


Leia a terceira e última parte desta série!

Matérias relacionadas

Para montar em casa: o estado da arte atual dos kit-car

Marco Antônio Oliveira

A futura picape média da Fiat, a 226, mostra sua carroceria definitiva

Gustavo Henrique Ruffo

A história do Velo Città: de uma trilha de rali à realização de um sonho

Juliano Barata