A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Projetos Gringos

OSVehicle Tabby é o primeiro carro open source  do mundo e pode ser montado em uma hora

Você sempre sonhou em construir seu próprio carro, mas não tem vocação para projetar, esta pode ser a solução. Uma empresa italiana criou o primeiro carro open source do mundo, e ele pode ser construído em cerca de uma hora. E dá para andar nele!

A ideia de open source não é exatamente nova. Primeiro, na década de 1980, surgiram os programas de código aberto — acessível a qualquer um que quisesse conhecê-lo, estudá-lo e melhorá-lo, sem precisar pagar nada por isso. Com o tempo, o conceito de open source foi se expandindo e passou a incluir não somente programas e códigos, mas também produtos físicos, como computadores, bebidas e remédios.

O open source foi uma das grandes revoluções das últimas décadas e, se hoje temos sistemas operacionais (como Linux e Android), computadores (o Arduino é o mais famoso), medicamentos e a Wikipédia, é graças a ele, que incentiva mentes criativas a se tornar desenvolvedores em projetos livres. Sendo assim, por que demorou tanto para que se criasse um carro de projeto livre?

tabby-osv (4)

Esta é a proposta do Tabby, primeiro produto lançado pela italiana OSVehichle. Trata-se de uma plataforma automotiva aberta para a criação de veículos compactos e totalmente funcionais, que já foi chamada de “Arduino da mobilidade” e “carro Ikea” por causa da flexibilidade do projeto. Com as peças básicas, é possível montar o carro em cerca de uma hora.

Claro que, para alguns, pode ser exagero chamá-lo de carro. Com pouco mais do que rodas, volante, suspensão, um motor elétrico e bancos, o Tabby não poderia ser dirigido nas ruas na maioria dos países — afinal, não tem faróis, carroceria ou para-brisa. Ele está mais para um brinquedo de gente grande, que pode ser encomendado pela internet e entregue na porta da sua casa.

tabby-osv (6)

Você começa encomendando o chassi para dois ou quatro lugares (ambos custam € 500, ou pouco mais de R$ 1.600), e então adiciona os opcionais — baterias (€ 698), motor elétrico (€ 1520), bancos (€ 80) e rodas/pneus (€ 338). Comprar o kit completo é a maneira mais fácil de montar o Tabby, e o resultado é um minicarro elétrico capaz de chegar aos 80 km/h, gastando pouco mais de € 3.000, ou cerca de R$ 10 mil.

[vimeo id=”77204604″ width=”620″ height=”350″]

Mas a natureza open source do projeto possibilita que você use como ponto de partida o chassi para criar seu próprio veículo. A OSVehicle até estimula quem quiser fazer isto a compartilhar suas ideias para que a empresa e a comunidade da OSV possam testá-las e aperfeiçoar o carro. Eles também sugerem que o Tabby pode ser usado como instrumento de aprendizado de engenharia automotiva ou puro lazer. A liberdade é tamanha que o site disponibiliza o arquivo do projeto em 3D para download, para que qualquer um possa criar seu carro usando seus próprios componentes.

tabby-osv (2) tabby-osv (5)

Futuramente, a OSV planeja lançar um kit com carroceria para que o Tabby possa ser legalizado para as ruas, bem como mais opções de motores elétricos (de 4, 8 e 15 kW), um conjunto híbrido (motor monocilíndrido de 125 cm³ + motor elétrico de 15 kW) e a motores a combustão tradicionais com cilindrada entre 50 e 250 cm³ — e nós já começamos em pensar em maldades com eles…

Você enxerga futuro neste projeto, ou acha que ele é apenas um primeiro passo básico, que pode servir de inspiração para propostas semelhantes, porém mais evoluídas?

tabby-osv (3)

 

[ Fotos: OSVehicle

Matérias relacionadas

Mergulhe em um pit stop da Indy Car neste vídeo feito com o Google Glass

Dalmo Hernandes

Volvo Amazon Vöx: seis cilindros, turbo e 800 cv — e anda mais que uma Ferrari 599

Dalmo Hernandes

65 víboras: a maior coleção de Dodge e SRT Viper do planeta

Dalmo Hernandes