FlatOut!
Image default
Zero a 300

Pagani Huayra R é revelado, Lamborghini terá dois novos modelos V12 em 2021, Chevrolet paralisa produção da linha Onix até maio e mais


Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco!

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Novo Pagani Huayra R é revelado com V12 de 850 cv

O Pagani Huayra R, versão de pista mais radical do supercarro de Horacio Pagani, foi revelado ontem. Com um V12 feito sob medida pela HWA AG, divisão de powertrain da Mercedes-AMG, ele dispõe de 850 cv a 9.000 rpm, com torque de 76,4 kgfm. Esta força só não poderá ser disfrutada em vias públicas, porque o Huayra R é um carro exclusivo para as pistas.

A Pagani diz que uma das características mais importantes deste motor é seu ronco, que foi trabalhado para soar como um carro de Fórmula 1 de antigamente – incluindo o uso de um sistema de escape com coletor simétrico de Inconel. E ele inclui até mesmo um abafador que, ao ser instalado, reduz o nível de ruído do motor para menos de 110 decibéis, que é o limite em alguns circuitos homologados pela FIA.

O carro usa um novo monocoque de fibra de carbono e titânio com a traseira caída e mais longa, quase como os longtail de Le Mans. O monocoque inclui o motor e o câmbio – um sequencial de seis marchas – como componentes estruturais, quase como um monoposto. O conjunto aerodinâmico, além de um novo para-choque dianteiro e das saias redesenhadas, ganhou uma asa traseira maior com dois flaps ativos nas extremidades. Na configuração com mais downforce, a pressão para baixo a 320 km/h chega a 1.000 kg – pouco menos que os 1.050 kg que o Huayra R pesa sem fluidos.

Serão feitos apenas 30 exemplares do Pagani Huayura R, cada um à venda por pelo menos € 2,6 milhões (cerca de R$ 17 milhões em conversão direta na cotação atual) na Europa.

 

Lamborghini terá dois novos modelos com motor V12 ainda em 2021

Enquanto a maior parte das fabricantes de supercarros apresenta modelos elétricos, ou ao menos planos concretos para produzi-los em breve, a Lamborghini segue apostando no seu tradicional V12 aspirado. Dois novos modelos equipados com o motor serão apresentados ao público ainda em 2021, segundo o mais recente anúncio da empresa.

Claro que não estamos contando com dois carros totalmente novos, mas a Lamborghini disse que, no fim de 2021, o Huracan STO ganhará no porfólio da marca a companhia de dois modelos “baseados no icônico V12”.

Isto não deixa muitas possibilidades. O Huracán STO, de Super Trofeo Omologato, é basicamente uma versão de corrida do supercarro V10 que tem homologação para rodar nas ruas. Pela forma como a Lamborghini colocou sua declaração, podemos interpretar como um Aventador Super Trofeo Omologato – aerodinâmica sofisticada, alívio de peso e um V12 aspirados soam bem, não? Especialmente porque, em outra declaração recente, a Lamborghini sinalizou que, daqui para a frente, sua preocupação maior será o comportamento dinâmico dos carros, e não potência ou velocidade máxima.

Por outro lado, dada a frequência relativamente alta com que a Lamborghini mostra conceitos e projetos one-off, que um dos carros seja algo exatamente neste sentido – como a barchetta SC20, exemplar único mostrado no fim do ano passado.

 

Chevrolet Onix e Onix Plus terão produção paralisada em abril e maio

No início do mês a Chevrolet paralisou a produção do hatchback Onix e do sedã Onix Plus por falta de semicondutores eletrônicos, o que deve ter efeitos em seu desempenho nas vendas e preços. E agora a fabricante comunica que as linhas de produção continuarão paradas em abril e maio, e que a paralisação pode estender-se até junho e julho.

Inicialmente obtida ontem (18) pelo site Mobiauto, a informação foi confirmada pela Chevrolet no mesmo dia. A nota da fabricante diz o seguinte:

“A cadeia de suprimentos da indústria automotiva na América do Sul tem sido impactada pelas paradas de produção durante a pandemia e pela recuperação do mercado mais rápida que o esperado. Isso está afetando de forma temporária nosso cronograma de produção na fábrica de Gravataí (RS). A produção nesta unidade será interrompida nos meses de abril e maio, podendo ter efeitos em junho, retornando ao volume de produção regular em julho.”

A última parcial de em março divulgada pelo Denatran diz que a picape Fiat Strada já ultrapassou o Onix em número de emplacamentos por 630 unidades. Caso a paralisação em Gravataí se prolongue, certamente a vantagem da picape aumentará ainda mais, ao menos enquanto a falta de semicondutores não atinge também a Fiat.

 

São Paulo terá rodízio das 20h às 5h durante fase emergencial

SP – TRÂNSITO/SP/MARGINAL – GERAL – Motoristas enfrentam trânsito intenso na Marginal Pinheiros, sentido bairro, na altura da Raia da USP, na zona sul de São Paulo, na manhã desta segunda-feira (18). 18/12/2017 – Foto: MARIVALDO OLIVEIRA/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

A Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT) e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) anunciaram hoje (18) que o rodízio na cidade de São Paulo passará a valer das 20h às 5h do dia seguinte durante a fase emergencial em decorrência da pandemia. De acordo com a CET, a medida quer reduzir a circulação de pessoas à noite.

A nova tabela, que começa a vigorar a partir da próxima segunda-feira (22) e valerá também nos feriados, é a seguinte:

1 e 2 – das 20h de segunda-feira às 5h de terça
3 e 4 – das 20h de terça-feira às 5h de quarta
5 e 6 – das 20h de quarta-feira às 5h de quinta
7 e 8 – das 20h de quinta-feira às 5h de sexta
9 e 0 – das 20h de sexta-feira às 5h de sábado

A CET lembra que esta tabela de rodízio também será válida nos feriados.

 

Picape Ford Maverick pode começar a ser fabricada em julho

A Ford Maverick, nova picape monobloco da fabricante americana, pode ter sua produção iniciada em julho. A informação vem de fornecedores da Ford, de acordo com o site Automotive News.

A picape será produzida no México usando a mesma plataforma de Ford Escape e Bronco Sport. Seu visual será mais robusto e “quadrado” que outras picapes monobloco, como a Fiat Toro ou a Renault Duster Oroch, com um toque de F-150 na dianteira.

A chegada da Ford Maverick ao Brasil, caso ocorra, é esperada para 2022, apenas. Como nos Estados Unidos, ela deverá ser uma alternativa mais em conta à Ford Ranger, tendo como principal concorrente a Fiat Toro – embora possa custar mais caro, até por conta do reposicionamento da Ford como marca “premium” no Brasil.

 

Mitsubishi do Reino Unido vai vender todo o seu acervo de clássicos

A Mitsubishi, muito admirada pelos entusiastas por sua heritage, não parece muito disposta a preservar seu legado no Reino Unido – onde existem muitos fãs da marca por conta de seu histórico nos ralis, e também por conta dos grey imports que vinham do Japão.

Enquanto se prepara para, ao fim de 2021, deixar completamente o mercado britânico – onde atualmente só vende alguns modelos da Renault rebatizados – a Mitsubishi resolveu vender todo o seu acervo de clássicos em Cirencester, onde fica a sede da divisão britânica (o local, aliás, também está à venda).

No total são 14 carros à venda, e a lista é matadora:

Lancer Evolution VI Tommi Mäkinen Edition 2001
Lancer Evolution IX Group N Rally Car 2007
Lancer Evolution IX MR FQ-360 HKS 2008
Lancer Evolution X FQ-440 MR 2015
Colt Lancer 1.4 1974
Colt Galant 2.0 1974
Starion 1988
Galant GTI Rally Replica 1989
3000GT 1992
Mitsubishi Jeep CJ-3B 1983
Shogun MK1 SWB 1984
Shogun MK2 SWB 3.0 V6 2000
Outlander PHEV GX4hs 2015
L200 Desert Warrior 2017
Model A 1917 (réplica)

Entre carros de rua, de competição e conceitos, temos quatro gerações do Lancer Evolution, sendo um deles do Grupo N de rali e outro o icônico Lancer Evo X FQ-440R (dono do motor quatro-cilindros mais potente em um carro de rua original de fábrica). O obrigatório 3000GT é um exemplar pré-facelift, mais procurado que os posteriores. E temos até dois exemplares do Pajero com entre-eixos curto, que no Reino Unido se chama Shogun, acompanhados de uma versão conceitual da picape L200.

Com certeza já existem compradores de olho, prontos para abocanhar algum carro cheio de história que só vai ganhar preço no futuro.

 

Fãs criam petição para colocar nome de Sabine Schmitz em uma curva de Nürburgring

 

Sabine Schmitz, a rainha de Nürburgring, pode ser eternizada em uma curva do circuito. Dale Lomas, do site Bridge to Gantry – que é praticamente um porta-voz não-oficial do circuito – criou uma petição para que a organização da pista coloque o nome de Sabine Schmitz em uma de suas curvas.

O abaixo-assinado foi ao ar na última quinta-feira no site Change.org, e já recolheu mais de 27.000 assinaturas, incluindo familiares de Sabine Schmitz.

A administração de Nürburgring já reconheceu o abaixo-assinado e publicou uma nota dizendo que, “no devido tempo” haverá, sem dúvida, algum tipo de homenagem. Talvez não o nome de uma curva, mas talvez uma placa ou árvore na beira da pista em homenagem à pilota.

 

 

Este Uno 1.5R pode ser seu!

Participe!

Clique aqui e veja como

Compartilhe agora