A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Peugeot 208 revelado oficialmente, o fim do Mercedes-AMG S65, as novas Yamaha Neo e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Plano de assinatura com todos os benefícios: acesso livre a todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site, download de materiais exclusivos, participação em sorteios e no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), além de veiculação de até 7 carros no FlatOuters e até 3 anúncios no site GT40, bem como descontos em oficinas e lojas parceiras*!

R$20,00 / mês

*Benefícios sujeitos ao único e exclusivo critério do FlatOut, bem como a eventual disponibilidade do parceiro. Todo e qualquer benefício poderá ser alterado ou extinto, sem que seja necessário qualquer aviso prévio.

CLÁSSICO

Plano de assinatura na medida para quem quer acessar livremente todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site1, além de veiculação de até 3 carros no FlatOuters e um anúncio no site GT402.

De R$14,90

por R$9,90 / mês

1Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em oficinas ou lojas parceiras.
2A quantidade de carros veiculados poderá ser alterada a qualquer momento pelo FlatOut, ao seu único e exclusivo critério.

 

Peugeot apresenta nova geração do 208 – que poderá ser vendido no Brasil

Conforme previmos, depois das imagens vazadas a Peugeot decidiu apresentar de forma oficial a segunda geração do 208 – que fará sua estreia durante o Salão de Genebra na próxima semana. Foram divulgadas novas imagens e informações oficiais.

Como já dissemos, o novo 208 ficou mais agressivo e retilíneo, inspirado pelos irmãos maiores 308 e 508 – em especial este último, com seus faróis de LED com “dentes de sabre” invadindo o para-choque. Também conseguimos identificar um quê de Audi A1 no carro, pelo formato dos faróis e da grade.

 

O interior também ficou mais radical, adotando formas mais complexas para o painel e o console central, além de um cluster de instrumentos totalmente digital e uma tela sensível ao toque que pode terá ter 5”, 7” ou 10” dependendo da versão.

Também já vimos que o novo 208 terá uma versão totalmente elétrica, o e208 (o carro azul das fotos), mas agora sabemos detalhes sobre seu propulsor: o motor elétrico tem 136 cv e 26,5 mkgf de torque. Já as versões com motor de combustão interna usarão variações do 1.2 PureTech de três cilindros, com potência variando entre 75 cv, 110 cv e 130 cv.

O motor e 75 cv será acoplado a uma transmissão manual de cinco marchas, enquanto as demais usarão um câmbio manual de seis marchas ou automático de oito marchas. Também haverá uma versão a diesel, com motor quatro-cilindros 1.5 de 100 cv e caixa manual de seis marchas.

Ainda não há confirmação oficial, mas é quase certo que o novo 208 será fabricado na Argentina, na unidade da PSA em El Palomar. Especula-se que ele começará a ser importado do país vizinho no fim de 2020 – quando o 208 nacional deixará de ser produzido em Porto Real/RJ. É provável que o carro mantenha o motor 1.2 de três cilindros e 90 cv, e ainda há a possibilidade de ele receber o motor quatro-cilindros de 1,6 litro e 118 cv usado atualmente. (DH)

 

Mercedes-AMG S65 ganha Final Edition e deixará de ser produzido

A notícia quase passou despercebida: escondida no último parágrafo do mesmo release em que confirmou o CLA Shooting Brake e o facelift do GLC estava a menção a uma “Final Edition” do S65 AMG. Sim, isso significa que a próxima geração do modelo não terá mais o esportivo com motor V12.

O fim do S65 já era esperado, visto que a própria Mercedes falou disso em outubro passado, e também porque atual V8 da AMG já superou a potência do V12 biturbo do S65 com a configuração usada no AMG GT 63 S, que tem 639 cv. Além disso, há a questão das emissões e eficiência, cada vez mais restritos pela legislação ambiental no mundo inteiro.

O S65 deverá ser substituído por duas versões do S63, como acontece com os demais modelos, e deverá usar uma configuração híbrida baseada no atual V8 de quatro litros na versão de topo.

Quanto S65 Final Edition, a Mercedes não entrou em detalhes no release, limitando-se a divulgar seus dados de consumo (7 km/h em percurso combinado) e emissões (325 g/km²) e a dizer que “ela coroa e traz ao fim a longa história de sucesso do V12 biturbo de seis litros no Classe S Sedã”.

Apesar de a frase dar a entender que o Classe S não terá mais um V12, é possível que os Maybach continuem a usá-lo por uma questão de refinamento da rodagem, visto que o V12 é um motor naturalmente balanceado, apresentando pouca vibração em seu funcionamento. (LC)

 

Volkswagen apresenta conceito do T-Roc R com motor TSI de 300 cv

Outra novidade apresentada durante o fim de semana foi o Volkswagen T-Roc R, versão esportiva do crossover. O conceito, inspirado pelo Golf R, ele utiliza o mesmo motor – o 2.0 turbo TSI de 300 cv e 40,8 mkgf de torque. O câmbio é o DSG de dupla embreagem e sete marchas, ligado ao sistema de tração integral 4Motion. O conjunto é suficiente para que o T-Roc R vá de zero a 100 km/h em 4,9 segundos, com velocidade máxima limitada eletronicamente a 250 km/h. Os freios também são iguais aos do Golf R.

Para diferenciar-se das demais versões, o T-Roc R ganhou novos para-choques, com tomadas de ar maiores e luzes auxiliares reposicionadas, além de rodas de 18 polegadas com desenho exclusivo (rodas de 19 polegadas serão opcionais).

A traseira traz um novo difusor e quatro saídas de escape, duas em cada extremidade. O sistema de escape, aliás, é fornecido pela Akrapovic, e é feito de titânio. A Volkswagen também mexeu no acerto da suspensão, que ficou mais baixa e firme – as modificações deverão ser oferecidas como parte de um pacote opcional.

Por dentro, o painel de instrumentos ganhou acabamento combinando com a cor da carroceria, além de um volante de menor diâmetro com base reta. O conceito do VW T-Roc R fará sua estreia em público no Salão de Genebra, e a versão de produção – que não deve mudar muito em relação ao conceito – começará a ser vendida na Europa antes do fim de 2019. (DH)

 

Lançada a Copa Paulista de Rallye Histórico

A primeira edição da recém-criada Copa Paulista de Rallye Histórico foi realizada no último 16 de fevereiro. A prova teve largada em frente ao Teatro Municipal de São Paulo com destino à cidade de Caçapava/SP, sede do Museu Roberto Lee. Ao todo foram 51 autos participantes, com 140 pessoas participando da prova e da organização.

O evento integra o calendário oficial da Federação de Automobilismo de São Paulo (FASP) e também é apoiado pela Prefeitura de São Paulo e pela Secretaria de Turismo da cidade. Ao todo são cinco etapas durante o ano e a próxima prova será dia 11 de maio, com destino ao litoral paulista.

Os vencedores desta primeira etapa foram: 1º. lugar- Geral – Ricardo Prado Santos e Americo Samarone, com um Alfa Romeo 67, 2º. Lugar – Roberto Maia Filho e Dieter Rudloff, com Ford Mustang, 65 e 3º. Lugar- Fernando Henrique Silotto e Claudio Roberto e Grassi Silotto, GOL GT, 86. Ao todo, além da Geral, foram premiadas três categorias: Era do Rock, Era do Pop e New Clássicos. (LC)

 

Volvo XC90 ganha KERS para a linha 2020

O Volvo XC90 passa por sua primeira atualização desde o lançamento em 2015 e é praticamente imperceptível. Por fora mudou apenas a grade, detalhes no para-choque e desenho das rodas, as grandes novidades para a linha 2020 são mecânicas e no interior.

Por dentro a novidade é a opção de seis lugares, com duas poltronas na fileira do meio e dois assentos na terceira fileira, antes haviam apenas as opções de quatro, cinco e sete lugares. Outra novidade é a opção de revestimento dos bancos em lã, com duas opções de cores, no acabamento Inscription.

O sistema multimídia foi atualizado com Android Auto e capacidade de streaming de músicas pelo Spotify. O sistema City Safety recebeu as atualizações que estrearam no XC60, agora conta com detecção de veículos no sentido oposto e o carro pode fazer as correções necessárias para desviar.

Agora todos os modelos podem vir com um sistema híbrido leve, de recuperação de energia cinética das frenagens (KERS), antes disponível apenas no modelo híbrido T8. Segundo o fabricante esse sistema traz melhora de consumo e emissões de até 15% em uso real.

A energia das frenagens é acumulada num volante inercial de fibra de carbono que gira até 60.000 rpm, quando o motorista acelera essa energia é transferida para o eixo traseiro através de uma transmissão específica. Os modelos equipados com esse sistema são identificados por um emblema “B” no lugar do “T” que identifica a motorização. A Volvo pretende estender esse sistema ao resto da linha, começando pelo XC60. (ER)

 

Yamaha lança scooter Neo 125 2020 por R$ 8.390

A Yamaha começou a vender a linha 2020 da Neo, sua scooter de entrada. O modelo continua equipado com o motor monocilíndrico de 125 cm³, 9,8 cv e 1 mkgf de torque, além da transmissão CVT. O visual também não mudou: a Neo continua sendo oferecida em três cores (vermelho metálico “Magma”, branco metálico “Cristal” e cinza fosco “Matt”), com os mesmos grafismos na carenagem.

A única forma de distinguir a Neo 2020 do modelo anterior é o posicionamento das setas: antes elas vinham integradas à lanterna traseira, mas agora elas são peças separadas, instaladas na rabeta da moto. A modificação foi promovida para antender à nova legislação do Contran.

O preço também mudou: a Yamaha Neo 2020 custa R$ 8.390 – ficou R$ 100 mais cara do que antes. (DH)

 

Lister está trabalhando em uma versão moderna do clássico Knobbly

Para o pessoal mais jovem, a Lister é famosa pelo Storm, seu protótipo com motor V12 na dianteira que competiu (e fracassou) nas 24 Horas de Le Mans de 1995 – e se tornou um ícone em Gran Turismo 2. Mas a companhia britânica também é famosa pelo belíssimo Knobbly, roadster criado na virada da década de 1960 que usava o motor seis-cilindros de 3,4 litros da Jaguar.

A Lister panhia anunciou nesta semana, através do Twitter, que está trabalhando em um novo Knobbly. A imagem publicada no tweet mostra uma projeção do conceito, vista de lado, e não dá mais informações a respeito.

Podemos imaginar, contudo, que o carro vá utilizar alguma versão preparada de um motor Jaguar, visto que atualmente a Lister tem se focado em modificar os carros da marca britânica. Uma boa escolha, para nós, seria o V8 supercharged de cinco litros do Jaguar F-Type R. A Lister oferece uma versão modificada do esportivo batizada Lister Thunder LFT-666 – que é preparada para entregar nada menos que 660 cv.

Por outro lado, já faz cerca de um ano que a Lister divultou um teaser de uma possível volta do Storm, e até agora… nada. Nenhuma novidade. Será que o novo Knobbly vai pelo mesmo caminho? (DH)

 

Matérias relacionadas

Jeep Renegade ganha versão inspirada no Willys CJ, incêndio destrói motos da MotoE, Huracán Evo chega no segundo semestre e mais!

Falando em Polo Sedã, que tal este Volkswagen Derby 1978 à venda no Brasil?

Dalmo Hernandes

Volkswagen irá atrasar lançamento do Tarek, EuroNCAP terá teste mais severo, as novas MV Agusta e Ducati e mais!

Leonardo Contesini e Dalmo Hernandes