A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Porsche Taycan revelado, novo Hyundai HB20 revelado em hotsite, os carros mais vendidos em agosto/19 e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Porsche revela Taycan Turbo S

A Porsche acabou de revelar nesta manhã de quinta seu primeiro modelo 100% elétrico, o Taycan. Baseado no conceito Mission-E, o modelo foi revelado nas versões mais potentes, estranhamente batizadas Turbo e Turbo S, ainda que não tenham nenhum turbo. Ela usará dois motores elétricos (um em cada eixo) combinados para produzir um total de 500 kW/680 cv na versão Turbo e 560 kW/761 cv na versão Turbo S.

Esta última é capaz de acelerar de zero a 100 km/h em 2,8 segundos enquanto a versão Turbo precisa de 3,2 segundos. A autonomia chega aos 450 km na Turbo e 412 km na Turbo S. A velocidade máxima de ambos é limitada a 260 km/h.

A potência é produzida por um sistema elétrico de 800 volts, algo inédito nos modelos produzidos em série, que normalmente usam sistemas de 400 volts. Segundo a Porsche, isso permite que a bateria possa armazenar energia suficiente para 100 km em apenas cinco minutos usando um carregador de alta potência, ou 27,5 minutos para recuperar 80% de carga.

Ainda hoje, por volta das 14:00, teremos um post completo com todas as informações, detalhes técnicos e comentários da equipe sobre o Taycan. Fique ligado! (LC)

 

Os carros mais vendidos em agosto

Mais um mês encerrado, mais um mês com o Chevrolet Onix na liderança do mercado (sim, você já leu isso mais de 30 vezes). O pequeno Chevrolet segue inabalável e com uma ampla margem sobre seus concorrentes e dificilmente perderá a liderança em 2019. Em agosto o Onix vendeu quase 2.000 unidades a mais em relação a julho, chegando aos 22.396 exemplares.

Bem mais atrás, com 9.140 unidades vem o Ford Ka, que voltou à segunda posição depois de tê-la perdido para o Hyundai HB20 no mês passado. O Hyundai, prestes a mudar, ainda vendeu 8.187 unidades, quase 1.000 a menos que seu rival. No acumulado dos oito meses do ano, contudo, o HB20 segue na frente do Ford em uma briga que se estenderá até o fim do ano, uma vez que o HB20 será reestilizado nas próximas semanas.

A quarta posição de agosto ficou com o Volkswagen Gol, que vendeu 7.848 unidades, trocando de posições com o Chevrolet Prisma, que caiu para a sexta colocação com 7.251. Em seguida, entre Gol e Prisma, está o Renault Kwid, que se manteve na quinta posição de julho com 7.455 unidades.

A sétima posição também tem um novo ocupante: o Volkswagen Polo, que ficou fora do top 10 de julho. O modelo vendeu 6.815 exemplares e desbancou a Fiat Strada, que caiu para a nona posição com 6.725 unidades. Entre os dois, na oitava posição uma surpresa: o Hyundai Creta aparece pela primeira vez entre os dez mais vendidos, vindo de uma escalada repentina nos últimos meses. Com 6.643 unidades, ele foi o SUV mais vendido em agosto.

O top 10 é completado pelo Fiat Argo, que vinha perdendo posições mês a mês e, em agosto, vendeu apenas 6.560 unidades.

Com os oito meses de 2019 na conta, a lista parcial dos mais vendidos no ano é a seguinte: 1º Chevrolet Onix – 159.377 (=); 2º Hyundai HB20 – 70.391 (=); 3º Ford Ka – 66.963 (=); 4º Chevrolet Prisma – 56.496 (=); 5º  Renault Kwid – 56.049 (=); 6º Volkswagen Gol – 53.436 (=); 7º Fiat Strada – 50.028 (=); 8º Fiat Argo – 49.382 (=); 9º Volkswagen Polo –  44.879 (+1); 10º Jeep Renegade – 44.150 (-1). (LC)

 

Novo Hyundai HB20 revelado em hotsite

A Hyundai revelou o novo HB20 por completo em um hotsite onde estava divulgando os teasers do modelo. Por enquanto apenas fotos do exterior foram publicadas, faltando revelar apenas o interior. O hatch agora conta com grade maior e mais horizontal, seguindo a nova tendência de estilo da marca. Os faróis possuem refletores elipsoidais e assinatura em LED como luz diurna.

Na traseira o HB20 seguem com lanterna horizontais que estendem até a tampa do porta-malas. A coluna C com pintura preta e efeito flutuante revelada no teaser parece bem integrada ao desenho, mas o acabamento triangular simulando uma janela parece desnecessário.

O lançamento do novo HB20 está confirmado pela Hyundai para acontecer entre os dias 16 e 18 de setembro. O hatch virá com o conhecido motor 1.0 de três cilindros e o 1.6 será substituído por um novo 1.0 turbo, com 120 cv. (ER)

 

BMW inicia pré-venda do X3 M Competition por R$ 574.000

A BMW anunciou ontem (3) o início da pré-venda da versão mais nervosa do SUV X3. O X3 M Competition vem equipado com um seis-em-linha biturbo de três litros, 510 cv e 61,2 kgfm de torque. O motor é acoplado a uma caixa automática de oito marchas que leva a força para as quatro rodas através do sistema xDrive.

De acordo com a BMW, o X3 M Competition vai de zero a 100 km/h em 4,1 segundos, com velocidade máxima de 285 km/h – nada mau para um SUV de 2.045 kg. Os diferenciais do X3 M em relação às demais versões são os para-choques de desenho mais agressivo, os emblemas Motorsport, as saídas de escape duplas, bancos esportivos e revestimento de Alcantara, além de detalhes em fibra de carbono exposta por fora e por dentro. As rodas de 21 polegadas têm desenho exclusivo e são calçadas com pneus 255/40 e 265/50, abrigando freios com discos de 3955 mm na frente e 370 mm atrás.

Para reservar um exemplar, os interessados precisarão desembolsar R$ 573.950. As vendas normais começam em outubro. (DH)

 

Aston Martin Valkyire de corrida não será híbrido

David King, presidente da Aston Martin Racing, revelou mais detalhes sobre a versão de corrida do Valkyire, que vai participar da nova categoria de hipercarros do WEC. Ao contrário da versão vendida aos consumidores, que tem um sistema KERS similar ao da Fórmula 1, o Valkyire que vai correr no WEC não terá sistema híbrido algum.

O Valkyire de rua tem 1.176 cv de potência combinada com o KERS, só o V12 produz 1013 cv. O regulamento de LeMans limita a potência máxima em 750 cv, David King diz que só o V12 com a potência restringida para o limite será o suficiente.

King diz que não faria sentido adicionar o peso e complexidade do sistema híbrido em um carro que já usa um V12 grande e pesado e também não faria sentido desenvolver um motor menor só para poder usar tal sistema. A Aston Martin e a Toyota são os únicos fabricantes grandes a aderirem a categoria, a Toyota já anunciou que o carro dela será híbrido mas não revelou mais detalhes sobre a mecânica. (ER)

 

Honda e é revelado antes do Salão de Frankfurt

Aparentemente a Honda decidiu antecipar as coisas e, faltando uma semana para o Salão de Frankfurt, mostrou de vez a versão de produção de seu novo carro elétrico, o Honda e. E, bem… ele não é muito diferente do protótipo revelado no início do ano – na verdade, ele é quase idêntico. O que muda são detalhes nas saias laterais e a altura da suspensão, e não parecem haver mudanças mais profundas.

Foi revelada apenas uma foto do interior, e ela não mostra o cluster de instrumentos e nem o volante. Tudo indica, porém, que as características do protótipo também foram conservadas – podemos ver as duas telas digitais no painel, mais uma das telas utilizadas como retrovisor ao exibir imagens das câmeras laterais.

O Honda e é movido por um motor elétrico integrado ao eixo traseiro, com potência de 136 cv ou 154 cv, e torque de 32,1 kgfm em ambos os casos. A versão mais potente é capaz de acelerar até os 100 km/h em oito segundos.

Com uma carga completa na bateria de 35,5 kWh, o Honda e é capaz de rodar por 220 km. Usando um carregador rápido é possível atingir até 80% da carga em meia hora – o suficiente para rodar mais 180 km.

O Honda e também é equipado com o chamado Honda Personal Assistant, recurso que não é muito diferente dos assistentes pessoais que outras fabricantes vêm oferecendo nos últimos anos: após acionar o sistema dizendo “OK, Honda”, o motorista pode fazer perguntas a respeito dos sistemas do carro e consultar o status atual de seu funcionamento.

A Honda ainda não diz o preço do carro, e nem quando começam as entregas. Mas as reservas já estão abertas no Reino Unido, na Alemanha, na França e na Noruega. E o Honda e também deve fazer sua estreia em público no Salão de Frankfurt. (DH)

Matérias relacionadas

Brasil e México assinam novo acordo para importação de veículos, Porsche reativa produção do GT2 RS para brasileiros, Bugatti poderá ter Royale moderno e elétrico e mais!

Este vídeo do Rally da Graciosa de 1990 no Paraná vai causar nostalgia até em quem não estava lá

Dalmo Hernandes

Chevrolet Equinox já está a venda no Brasil, Toyota apresenta sua nova divisão esportiva, Lamborghini Huracán terá versão Squadra Corse (?) e mais!

Leonardo Contesini