A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Projetos Gringos

Quase de brinquedo: este é o menor carro do mundo legalizado para as ruas

Quando a gente é criança, pequeno mesmo, o mais perto de uma experiência real ao volante que conseguimos chegar talvez sejam aqueles carrinhos a pedal ou elétricos. Eles não são muito rápidos, mas até que eram divertidos. Pois saiba que o menor carro do mundo, de acordo com o Guinness World Records, não é muito maior que aqueles — e é totalmente legalizado para rodar nas ruas!

A proeza foi feita pelo texano Austin Coulson, que ganha a vida personalizando carros e, às vezes, os constrói do zero. Foi o caso com esta pequena obra de engenharia — a estrutura do carro foi projetada e fabricada sob medida, enquanto a carroceria é uma réplica em miniatura de um Chevrolet Bel Air 1957 que foi adaptada para acomodar o motor e a transmissão.

O conjunto mecânico veio de um quadriciclo infantil e é capaz de levar o carro a meros 53 km/h — o suficiente para poder rodar normalmente em perímetro urbano. Para ser emplacado e legalizado, porém, o carro precisou contar com alguns itens obrigatórios, como um para-brisa com limpador, faróis e lanternas e cintos de segurança. Alguns dos itens são cômicos (o para-brisa nem é transparente!) mas Austin garante que é tudo funcional. OK, então…

carrospqenos (3)

“Meus amigos e a minha família sabiam que eu conseguiria construir o carro, mas jamais imaginavam que eu conseguiria colocá-lo nas ruas”, Austin conta. E eles estavam errados, e Austin sempre dá umas voltinhas pelas ruas mais calmas cidade de Phoenix com seu carrinho (literalmente) de 63,5 cm de altura, 65,4 cm de largura e 1,26 metros de comprimento.

Mas o carro de Austin nem sempre foi o menor carro de rua do mundo — na verdade, ele foi influenciado diretamente pelo antigo detentor do recorde, um pequeno Jeep (ao menos é o que parece) chamado Wind Up. Ele foi feito por um inventor britânico, Perry Watkins.

carrospqenos (1)

A receita é a mesma: uma carroceria de brinquedo e um chassi de quadriciclo para um carro de um metro de altura, 66 cm de largura e 1,29 metros de comprimento. Embora seja um pouco maior, o Wind Up tem uma vantagem — um teto. Seu motor é capaz de levá-lo aos 59 km/h.

Como dá para ver, estes carros não são exatamente funcionais e jamais poderiam rodar em uma rodovia, por razões óbvias. De qualquer forma, adoraríamos ver uma corrida entre estes dois. Ou não.

carrospqenos (6)

Agora, falando em Perry Watkins, outro recorde envolvendo carros também é dele: o carro mais baixo do mundo que pode rodar nas ruas. É o Flatmobile — uma réplica achatada do Batmóvel, ou quase isto. Feito com a carroceria de dois Hillman Imp e dotado de um motor a jato na traseira (!), o Flatmobile mede apenas 48 cm de altura em seu ponto mais alto.

E, dos carros que mostramos neste post, ele é certamente o mais rápido, sendo capaz de chegar aos 160 km/h. E deve ser o mais confortável, também — ainda que, para estes caras, conforto e espaço interno não sejam tão importantes quanto ficar mundialmente famosos com seus recordes. E eles conseguiram — ao menos até que alguém os supere…

 

 

Matérias relacionadas

980 cv de fúria: Chevelle “Recoil”, o restomod mais caprichado (e selvagem) que você vai ver nesta semana

Dalmo Hernandes

A Tatra de Hans Ledwinka, e a real origem do Volkswagen

Marco Antônio Oliveira

As séries especiais inspiradas pelas Olimpíadas – no Brasil e no mundo

Dalmo Hernandes