A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!

Quem somos

Juliano Barata

FlatOut. A casa de quem gosta de mecânica, de técnicas de pilotagem, de lançamentos da indústria e quer as últimas notícias bem analisadas (sem sensacionalismo, sem click bait). De quem ama clássicos de coleção e veículos preparados ou customizados. Argumentos com dados e fatos servidos com uma narrativa gostosa de ler. Técnica com explicação compreensível.

Nós existimos para te informar da melhor forma. E vivemos o que falamos. Somos automobilistas, entusiastas. Este é o seu pub, caro leitor. Puxe uma cadeira, leia, veja, ouça e compartilhe suas histórias conosco!  

 

Quem somos

Juliano Barata / founder & editor-chefe

Apaixonado por análise de comportamento dinâmico, aerodinâmica automotiva, track days, carros antigos e por Nürburgring Nordschleife. Tem um Opala 1973 na garagem. Instagram: @julianobarata

Off-topics: é fotógrafo e baixista – louco por seu Rickenbacker 4003 Fireglo. Churrasco, comida italiana e japonesa são as suas favoritas. Indie rock, progressivo e diversas vertentes de música eletrônica não saem de sua playlist. Já foi um bom jogador de Street Fighter e King of Fighters. Tem medo de altura mas é fanático por montanhas-russas.

Carros favoritos: sem ordem específica, Alfa Romeo GTV e Duetto, Mustang GT350 1965, Maverick GT, Opala SS, BMW M3 E46 e 3.0 CSL, Civic VTi EG e EK, Lancer Evo VI, Honda NSX, Mazda RX7, Mercedes-Benz 300 SLR e 280 SL Pagoda, Ferrari 250 SWB e 250 GT Lusso e F12 Tour de France, De Tomaso Pantera, McLaren 600LT, Porsche 911 RSR 993 e 904 GTS e GT3 RS 991, Jaguar XJ6 Series 1 e E-type Series 1, Lotus Elite.

Carreira: Quatro Rodas (2007 – 2010), Car and Driver (2010 – 2012), Jalopnik Brasil (2012 – 2013). Atualmente, além de editor-chefe do FlatOut, é apresentador da McLaren Brasil.

 

 

Leo Contesini / co-founder & editor

Auto-intitulado o “caminhoneiro” do site por viver na estrada (literalmente, pois mora à margem de uma rodovia) e topar qualquer road trip, é mais reconhecido como “o cara que reclama do trânsito” por sua dedicação às questões polêmicas de trânsito e mobilidade, além de explicar de forma fácil questões complexas como o câmbio Light Speed da Koenigsegg e a dinâmica dos preços dos clássicos. Tem uma oficina na garagem e um Chevette 1979 por comunhão de bens. Instagram: @leocontesini

Off-topics: é o segundo dos três músicos amadores do site — toca guitarra e baixo, se arrepende amargamente de ter vendido sua Flying V há quinze anos. Ouve Beatles, Oasis, Black Keys, Phoenix e Beastie Boys, mas também inclui Debussy e Morricone na playlist e tem como música favorita “Mull of Kintyre”, uma valsa escocesa com gaitas de fole.

Carros favoritos: Mercedes 500E/AMG Hammer, Ferrari 456M GT e 250 Lusso e Porsche 912, mas se contentaria com um Mercedes C43 AMG W202.

Carreira: Jalopnik Brasil (2010 – 2013), tradutor e colaborador das revistas Car and Driver e Cycle Word (2012 a 2018). Fez análise de Pesquisa de Mercado no segmento automotivo (2007 – 2009) e foi redator publicitário (2006 – 2009).

 

Marco Antônio Oliveira / editor

Frequentemente é chamado de poeta por seus leitores, mas garante que nunca escreveu um pentâmetro iâmbico sequer em toda sua vida. Um entusiasta de coração desde o nascimento. Adora dirigir, e escrever sobre automóveis e as pessoas que fazem sua história. Instagram: @mao4100

Off-Topics: Nenhum. Mas quando não está com a família (esposa, dois filhos e duas vira-latas), nem falando e pensando sobre carros, gosta de fazer piada, ler livros físicos de verdade em papel, e ir ao cinema. Por algum motivo obscuro sabe tudo sobre super-heróis dos quadrinhos, mas esconde isso porque hoje está na moda. E sua esposa insistiu que mencionássemos aqui que leu toda obra de Shakespeare no original, o que ele permitiu a contragosto porque acha que soa extremamente pedante e desnecessário.

Carros favoritos: Todos! Mas teve 7 Chevettes, dois cupês Opala seis cilindros, um Berlingo verde que amava de paixão, um Nissan Maxima 1995 manual, e uma perua BMW 328i manual E36 por sete anos. Adora Fiat Uno (o de verdade) e dorme todo dia com uma foto de uma Lotus Super Seven debaixo do travesseiro.

Carreira: Engenheiro Mecânico Automobilístico formado na FEI em 1994. Best Cars Web Site 1999-2005, Autoentusiastas 2008-2020, Flatout desde fevereiro de 2020.

 

Dalmo Hernandes / repórter

Escreve sobre carros desde 2010, quando começou como tradutor no Jalopnik Brasil e não parou mais. Chora de nostalgia ao ouvir “My Favourite Game”, da abertura de Gran Turismo 2. Descobriu o mundo das duas rodas e agora qualquer coisa é motivo para dar uma voltinha de moto. Instagram: @dalmohern

Off-Topics: Além dos games de corrida, é fanático por Final Fantasy e Castlevania. É absolutamente DOENTE pelo Pink Floyd. Canta em uma banda de rock clássico de vez em quando. Gosta de livros de ficção científica, acredita plenamente em seres extraterrestres, pratica tatuagem e jura que vai comprar uma bicicleta mês que vem.

Carros favoritos: Compactos baratos e leves, dos quais o Fiat Uno é rei. Simples assim.

Carreira: Tradutor/repórter no Jalopnik Brasil (2010-2013), repórter no FlatOut Brasil (2014 and beyond).

 

Leitores-colaboradores

O que seria do FlatOut sem seus leitores? E alguns deles ao longo da história colaboraram com belos textos – isso sem contar, claro, todos os participantes do nosso quadro Project Cars!

Rodrigo Coutinho

Graxeiro por natureza, começou a escrever despretensiosamente para o Project Cars #46 e agora assina o quadro Papo de Garagem, trazendo maior profundidade os assuntos técnicos. Apaixonado por antigos e modernos com soluções de engenharia simples, diz que numa equipe de corrida estaria mais para mecânico do que piloto. Instagram: @rccpassos

Off-topic: Cozinheiro e aspira de baterista. Se é para preparar um prato, ele tá dentro, principalmente quando as filhas participam. Led Zeppelin e Emicida não saem dos seus ouvidos.

Carros favoritos: Sem ordem de preferência. Lotus Exige, Porsche 718 RSK, Honda S600, Ford Ka Mk I, Audi RS6 Avant… e a lista segue.

Carreira: Engenheiro Mecânico pela UFBA em 2007. Schlumberger (2002 – 2006), Icone automação (2006 – 2007), Petrobras (2007 – ?)

 

Milton Rubinho

Mendigomobilista de competição, trabalhador da engenharia nacional por profissão. Se enfia na graxa por pouca coisa e lê tudo sobre carros, corridas e história do automobilismo que aparece. Como dizem os pais, “Primeira palavra não foi papá nem mamã: foi cáo”. Não se contentou em mexer e fuçar em carros: resolveu achar que podia correr em track days também, falar em podcasts e escrever sobre automobilismo. E, por conta desse último, veio parar nesta indústria vital.

Off-Topics: Ciclista competidor em eventos amadores , mas detesta cicloativismo. Já se meteu a DJ também, sendo musicólatra inveterado (tem mais de 11.000 musicas no HD do PC). Também tem medo de altura, assim como de injeção na veia. E não consegue ficar sem estrada, um bom lanche e sobremesas!

Carros Favoritos: Ford Focus MK1, BMW E36 325, Chevrolet Chevette (qualquer ano), Chevrolet Corsa Wagon, Chevrolet Omega Suprema, Chevrolet Corsa Plataforma 4300, Renault Sandero RS (felizmente é meu atual carro!), Chevrolet Ipanema, Ford Ka MK1, Ferrari F40, Volvo 850 T5R, Audi RS2… e qualquer carro que tenha corrido nos anos 80 e 90 em provas de turismo.

Carreira: Rally Brasil Team (2007), LF Competições (2008), General Motors (2008-2009), ControlAr (2009), General Motors (2009-atualmente). Formado engenheiro, trabalha na Engenharia de Motores e Transmissões

 

Carlos Quarteto

Começou a escrever despretensiosamente em 2015, após o empurrão de um grande amigo, e pegou gosto pela coisa. Gosta de máquinas desde que se entende por gente, em especial carros e motos. Teve um pôster da Ducati 916 na parede do quarto, ao invés de uma Lamborghini, Ferrari ou Porsche. Assim como o Leo Contesini, é um ávido road-tripper e arruma pretexto para pegar estrada até quando não está viajando.

Off-Topic: Não é músico amador. Ouve apenas um tipo de música: a boa música, de acordo com critérios completamente aleatórios definidos por ele próprio. Também é um entusiasta das artes marciais e pratica jiu-jitsu brasileiro. Tem carteira AD, o que o habilita para ser caminhoneiro (!). Também é entusiasta de coisas aleatórias como whisky, charutos, tratores de grande porte e relógios de pulso.

Carros favoritos: Todos, mas tem uma quedinha por carros japoneses de meados dos anos 80 ao começo dos anos 2000 e um tombaço por modelos de rua especiais de homologação dos anos 70 aos 90.