A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Vídeo

Sébastien Loeb arrepia em Nordschleife nos preparativos para o WTCC em Nürburgring

Sébastien Loeb ainda está longe de terminar sua carreira, mas já entrou para a história como um dos maiores pilotos de todos os tempos. E não foi só por ter vencido nove vezes o mundial de rali. Ele também foi a Pikes Peak e mostrou como se pilota em subidas de montanha, na beira de um penhasco, e agora está fazendo bonito nos carros de turismo. Prova disto é este onboard de Loeb no Nürburgring Nordschleife, gravado durante os treinos para a etapa de Nürburgring do WTCC, o Campeonato Mundial de Carros de Turismo. Simplesmente monstruoso.

No fim de 2013 Loeb decidiu aposentar-se dos estágios de rali para focar-se nas corridas de turismo, juntando-se novamente à equipe da Citroën. Em vez do Citroën DS3, porém, seu carro passou a ser o C-Elysée WTCC, baseado no sedã C-Elysée, que foi desenvolvido em parceria com a Peugeot e é voltado a mercados como a África do Sul e o Leste Europeu. Ele lembra um C4 da geração atual, porém com faróis e lanternas de aspecto menos agressivo, e sua versão de corrida foi desenvolvida pela Citroën Racing usando a experiência da fabricante em mais de uma década no topo do mundo nos ralis.

Equipados com motores de 1,6 litro com turbo, injeção direta e cerca de 300 cv (especificações não muito diferentes dos carros do WRC), os carros do WTCC são baseados em monoblocos de produção com diversos aparatos aerodinâmicos e nenhum tipo de assistência ao piloto, ou seja, nada de ABS, nem controles eletrônicos de estabilidade ou tração. É tudo no braço.

Nada estranho para um herói do rali. E ele deixa isso bem claro no onboard abaixo, publicado pela Citroën nesta semana como um “esquenta” para a corrida que acontece amanhã.

O vídeo é uma evidência consistente de que Sébastien Loeb, senhores, não é humano. Sua tocada é absurdamente rápida e impressiona pela suavidade e pela precisão. Não há atropelo, nem correções desesperadas no volante. É como se ele fosse um daqueles “fantasmas” que servem como referência de volta em games como Gran Turismo, com a óbvia exceção de que é tudo 100% real. Basta vê-lo contornando a Flugplatz (uma curva à direita com dois pontos de tangência que termina em um crest cego) ou a Schwedenkreuz (o mergulho à esquerda logo em seguida) praticamente flat out são exemplos perfeitos.

É claro que o carro faz sua parte: os carros do WTCC podem ter “só” 300 cv, o nível de grip é impressionante — na verdade, eles têm “chão” de sobra para o motor, como os antigos DTM dos anos 1980 e 1990. São carros muito ágeis em curvas de alta, e por esta razão assistir a uma corrida é sempre emocionante .

E dá para perceber que Loeb, experiente, ainda não está levando o Citroën ao limite e poderia extrair mais (e baixar o tempo) se quisesse. Primeiro, pois é preciso respeitar o Nordschleife, e encontrar aquele sweet spot onde você não anda lento demais, nem se arrisca demais. Loeb provavelmente encontrou, mas decidiu pegar leve nesta volta, provavelmente guardando um tempo mais baixo para a classificação.

Na verdade, é exatamente disso que se trata um dos episódios da mini-websérie que o canal oficial da FIA para o WTCC no YouTube está fazendo, com vídeos de no máximo dois minutos com depoimentos de grandes pilotos do presente e do passado — caras como Jackie Stewart, Derek Bell, Jacky Ickx e a rainha do ‘Ring, Sabine Schmitz. Você pode conferir todos eles abaixo. E você realmente deveria, porque vale a pena.

Mas, afinal, porque a FIA está dando tanto destaque à etapa do WTCC no ‘Ring? Além, é claro, da importância do circuito, é preciso ter em mente que é a primeira vez em mais de três décadas que o Inferno Verde recebe uma etapa de um campeonato mundial. Na última vez que isso aconteceu, foram os 1000 km de Nürburgring da temporada de 1983 do WSC, o Mundial de Endurance da época.

O WTCC será a corrida de abertura das 24 Horas de Nürburgring. Serão duas provas de três voltas (ei, são quase 80 km!) no dia 16 de maio, disputadas no traçado “cheio”, que une o Nördschleife com o circuito de Grand Prix. Enquanto isso, os treinos de classificação continuam hoje — e, naturalmente, Sébastien Loeb é um dos favoritos. O francês é atualmente o segundo no Mundial de Turismo, atrás do argentino José Maria Lopez. E, se a corrida ainda nem começou, o WTCC já divulgou uma galeria com belas fotos dos treinos. Confere aí!

NURBURGRING_064-1024x683 NURBURGRING_065-1024x683 NURBURGRING_408-1024x683

NURBURGRING_137-1024x683 NURBURGRING_157-1024x683 NURBURGRING_468-1024x683 NURBURGRING_474-1024x683 NURBURGRING_156-1024x683 NURBURGRING_434-1024x683 NURBURGRING_438-1024x683 NURBURGRING_458-1024x683

Matérias relacionadas

E3 Estate: como os ingleses inventaram a primeira perua BMW

Dalmo Hernandes

Faszination Nürburgring, completo: vinte minutos de insanidade ao volante do Ruf CTR “Yellowbird”

Dalmo Hernandes

Esta picape Plymouth com motor radial de 12,4 litros queria ser um avião, mas é uma obra de arte

Dalmo Hernandes