A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Projetos Gringos

Sherp ATV: o caminhão russo invencível que anda sobre terra, água, gelo e só falta voar

Por mais que a gente goste de hot hatches, supercarros, muscle cars, esportivos japoneses e coisas do tipo, a gente sabe muito bem: todo entusiasta curte (ou pelo menos “até acha legalzinho”) um bom off roader. E é fácil entender o motivo — como não curtir um veículo feito para enfrentar terrenos que não foram feitos para ser enfrentados com veículos?

É por isso que a gente gosta tanto do Land Rover Defender (que até recentemente ainda era produzido), do Jeep Wrangler, do Mercedes-Benz Classe G e do Toyota Bandeirante, por exemplo. Mas, olha, se você acha que estes estão entre os melhores off roaders do mundo, prepare-se para ver cada um deles apequenar-se diante do glorioso Sherp ATV, um “caminhão” idealizado, projetado e fabricado na Rússia e pode ser considerado a melhor representação sobre rodas do que é preciso para viver no enorme deserto branco siberiano. É tudo o que um utilitário pode ser, camarada!

sherp

OK, na verdade tem uma coisa que ele não é: grande. Ele pode até parecer grande, mas é impressão causada pelo tamanho das rodas e pneus em comparação ao habitáculo. Traz à mente aqueles caminhões gigantescos usados para mineração, que são do tamanho de casas de dois andares, mas na verdade o Sherp ATV (fica mais engraçado se você pronunciar em voz alta) só leva duas pessoas e só lembra um caminhão mesmo no formato: ele mede apenas 3,4 metros de comprimento e suas quatro rodas respondem por boa parte do tamanho do veículo.

sherp (2)

A cabine leva duas pessoas com relativo conforto, mas não muito espaço e, em vez de volante e pedais, os controles são feitos por alavancas para acelerar e reduzir a velocidade e esterçar as rodas dianteiras. As rodas, aliás, são calçadas por pneus de baixíssima pressão, que se deformam e “abraçam” as irregularidades de qualquer superfície, garantindo tração até mesmo sobre o gelo — algo que definitivamente não está faltando na terra natal do Sherp ATV. Além de serem auto-inflantes, os pneus têm sulcos que mais se parecem com pás e literalmente escavam o caminho à frente.

 

sherp (4)

Conceitualmente, o Sherp  ATV está mais próximo de um caminhão monstro — incluindo na capacidade de transpassar obstáculos. Com 2,3 metros de altura; 1,6 metro do solo ao topo dos pneus e vão livre do solo de 60 cm, o “mini-monster truck” é capaz de transpassar obstáculos de até 70 cm de altura.

sherp (7)

Tudo isto com um pequeno motor a diesel de Kubota de quatro cilindros e parcos 44 cv. Parece pouco e, bem, é pouco: pesando o mesmo que um sedã médio — ou seja, pelo menos 1.250 kg — o Sherp só consegue acelerar até os 45 km/h em terra firme.

Sim, pois o tamanho e a pressão dos pneus permite que ele flutue na água, com os sulcos funcionando como lemes. Claro, a velocidade máxima na água é de apenas 9 km/h, mas a ideia não é usá-lo como um barco o tempo todo — só em caso de necessidade.

Como no Romi-Isetta, você entra na cabine por uma porta na dianteira. Atrás, a área de carga é coberta por um teto de lona no modelo básico, que custa o equivalente a US$ 55 mil (R$ 260 mil, em conversão direta). Se quiser pagar US$ 70 mil, a versão Kung traz uma capota rígida de fibra de vidro.

sherp (3)

O Sherp ATV foi criado por Alexei Garagashyan, um mecânico de São Petersburgo. Em 2012, ele fundou a fabricante Sherpa para produzir em série seu primeiro protótipo, o buggy Cheburator, com chassi tubular e pneus gigantes. Nos três anos seguintes ele acabou se focando em transformar o Cheburator em um veículo ainda mais robusto e capaz, dando origem ao Sherp ATV.

Ambas as versões estão disponíveis sozinhas ou acompanhadas de um trailer opcional. Também é possível adicionar tanques de combustível extras nas laterais, aumentando significativamente a autonomia do veículo. De acordo Garagashyan, o Sherp é capaz de “atravessar pântanos e subir ao topo de montanhas.

sherp (6)

Adoraríamos saber se isto é mesmo verdade… na prática, claro! Ele pode não ser o mais glorioso SUV do mundo (a gente estava empolgado), mas deve ser bem interessante.

Matérias relacionadas

Volkswagen apresenta Golf GTI com 411 cv e Golf Alltrack customizado no Wörthersee 2018

Dalmo Hernandes

Este holandês dirigiu dos EUA até o Brasil só para assistir à Copa do Mundo

Dalmo Hernandes

“Better Call Saul”: os carros do spin-off de “Breaking Bad”

Dalmo Hernandes