A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Projetos Gringos Zero a 300

Você moraria em uma garagem de luxo com espaço para 25 carros? Por R$ 33 milhões você pode!

Todos nós já vimos na internet aquelas imagens que mostram a planta de uma casa com uma garagem gigantesca e cômodos bem pequenos em relação a ela. Talvez você tenha compartilhado a foto dizendo algo como “a casa perfeita para mim” e recebido comentários dos seus amigos entusiastas concordando com você.

Bem, se você realmente quiser morar em uma casa assim (honestamente, quem aqui não quer?), saiba que existe uma à venda em Malibu, na Califórnia. Ela é exatamente assim: uma garagem enorme com anexos que a tornam habitável não apenas por carros, mas também seres humanos. Desde que sejam no máximo dois.

houseplan

Tipo isto, só que melhor

O empreendimento pertence a Steve Goldman, empresário do ramo de energia renovável, sistemas de automação e tecnologias limpas que por acaso também é entusiasta automotivo. Ele é dono de uma coleção de 14 automóveis, entre superesportivos e carros de corrida, e sua ideia era ter um espaço privado para exposição e ocasionais pernoites que, além de oferecer um ambiente agradável e confortável, também conservasse seus carros em perfeitas condições. Acontece que ele acabou criando a residência perfeita para um fã de carros morar de verdade, e não apenas passar um fim de semana.

TJ2zF34ZHxpv9JG5b-7106Grasswood10 mwJjnfSEQXG7KDn98-MalibuAutoMuseum002

A propriedade de 4.000 metros quadrados tem área construída de 650 metros quadrados – mais do que o suficiente para uma garagem de 25 carros, um quarto, uma área de convivência, uma cozinha e três banheiros. A entrada principal fica na garagem, que conta também com um lounge. O acesso ao interior da residência é feito por uma escada que também serve como plataforma para admirar a coleção.

WDWtvnDR4WSbQpH3F-7106Grasswood049 KkLRj5mjbEsW746BS-7106Grasswood048

Ao entrar na casa, dá-se de cara com uma cozinha bem equipada e a uma pequena sala. Subindo para o segundo andar, tem-se acesso aos três quartos e aos banheiros.

Rt7HrjR3rNyL3v8C9-MalibuAutoMuseum025

É claro, porém, que a garagem é o destaque da propriedade. O ambiente com espaço para 25 automóveis possui seu próprio sistema de ventilação e controle automático de temperatura e umidade do ar – algo que, conforme Steve Goldman contou ao site especializado em casas de luxo Robb Report, é o segredo para manter os automóveis em excelentes condições.

Sou um engenheiro formado e fui CEO de uma companhia de tecnologia por muitos anos, então a tecnologia é meu forte. Eu entrei em contato com curadores de museus e perguntei “como vocês mantêm uma pintura em boas condições por 1.000 anos?” Foi assim que eu aprendi que o segredo está em controlar a umidade e a temperatura, sendo que a umidade é o elemento mais importante. Este complexo tem controle de temperatura, de umidade, de poeira e um sistema anti-bactérias. Em essência, está no nível da sala de cirurgia de um hospital.

[vimeo id=”256160153″ width=”620″ height=”350″]

De acordo com Steve, o que mais prejudica a conservação de materiais como couro, tecido, borracha e plástico é a oscilação nos níveis de umidade. Quando o ar está muito úmido, a umidade é absorvida por estes materiais, e quando a umidade está baixa, os materiais secam novamente. Este processo, repetido centenas e centenas de vezes, é o que causa ressecamento e rachaduras. “Se você olhar mesmo os meus carros mais antigos, vai ver que cada peça de plástico está em perfeitas condições, todos os cintos estão bons, nada está estragado, porque a umidade no prédio é equilibrada”, ele diz.

Dnm8fSjYcQLiewGmW-MalibuAutoMuseum003

 

Para manter as condições do ambiente sempre perfeitas, a garagem possui três sistemas independentes de aquecimento, ventilação e ar-condicionado, um desumidificador de ar industrial, um filtro de poeira de 1 micrômetro (ou seja, só deixa passar partículas menores que 0,001 mm) e um sistema antibacteriano por raios ultravioleta. Controlados por computador, os sistemas mantém a temperatura da garagem sempre entre 22°C e 24°C, com a umidade relativa do ar sempre em torno de 50%. Tais medidas são importantes porque a propriedade fica a apenas 500 metros da praia, onde os veículos ficam bastante suscetíveis à maresia.

F2gHjc6vEaDNkpspZ-MalibuAutoMuseum014

Não somos especialistas no mercado imobiliário de Malibu, naturalmente, mas US$ 10 milhões (cerca de R$ 33,4 milhões em conversão direta) é bastante grana em qualquer situação. No entanto, quem realmente estiver disposto e tiver condições, pode comprar a casa e ainda incluir no pacote alguns dos carros que Steve Goldman guarda nela. Entre eles estão uma Ferrari LaFerrari (que ocupa o lugar que era de uma Enzo), um McLaren P1, um Pagani Zonda e um par de Porsche 911 GT3 – carros que são figurinhas carimbadas em coleções pelo mundo, é verdade. Mas Goldman, que costuma participar de categorias monomarca promovidas para donos de Porsche e Ferrari, por exemplo, tem algumas coisas ainda mais interessantes.

Uma delas é um Ruf Turbo R, supercarro feito com base no Porsche 911 Turbo da geração 996, com carroceria alargada, pintura azul e um motor biturbo de 600 cv feito sob medida para Steve. Ele é amigo pessoal de Alois Ruf, filho do fundador e dono da preparadora-que-virou-fabricante.

99RTurboAngle-M

A outra é uma Ferrari 360 Challenge equipada com um motor de 1.000 cv e 140 mkgf de torque feito pela Competition Motorsports, também sob medida para Steve… exceto que não se trata de um V8 Ferrari, e sim de um big block Chevrolet de 427 pol³ (sete litros) feito do zero, com bloco de alumínio e componentes internos forjados.

31 42

De acordo com entusiastas em fóruns de supercarros, Steve é um cara discreto que participa de track days e corridas amadoras em circuitos do mundo todo, e prefere quantidade sobre qualidade na hora de montas sua coleção. E ele realmente dirige os carros na medida do possível.

GgzRdvbpg65gSHSMw-MalibuAutoMuseum004a

Steve considera a possibilidade de incluir um ou dois carros no pacote para quem comprar sua garagem/museu/casa, mas não gosta da ideia de ter que se separar de alguma de suas preciosidades sobre rodas. Por isso, para “dificultar” as coisas, ele incluirá o custo de transporte do carro no preço.

 

 

Matérias relacionadas

Combustão noturna

Dalmo Hernandes

Ladrões driblam sistema keyless em menos de um minuto, novo Mercedes CLS vaza antes do lançamento, Kubica pode ser o substituto de Massa e mais!

Leonardo Contesini

Toyota terá híbrido flex no Brasil, DPVAT custará R$ 12 em 2019, Ford confirma Ranger Storm, Monza ficará mais rápido e mais!

Leonardo Contesini