A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História Zero a 300

50 anos do Opala: a sobrevivência aos anos 1980 e o fim depois de 25 anos de estrada

Enquanto o Opel Rekord C saiu de cena em 1971 na Alemanha, no Brasil ele continuou firme e forte ao longo de toda a década e, graças às peculiaridades do nosso mercado, ainda atravessaria os anos 1980 para morrer somente nos anos 1990. É claro que ele não poderia entrar nos anos 1980 com a mesma cara de 1976, e, por isso, em 1980 a GM do Brasil submeteu o Opala à sua primeira grande transformação: um facelift completo que deu a ele uma cara mais contemporânea, baseada nas linhas retas que se tornaram tendência naquela virada de década e marcariam os anos 1980. O novo desenho tinha algo do Chevrolet Citation, compacto de tração dianteira lançado nos EUA em 1979, com faróis retangulares, piscas envolventes, e lanternas traseiras integradas, separadas pelo suporte de placa, que passou a ocultar o bocal de combustível. Os para-choques também passaram a ser envolventes, feitos de metal cromado ou pintado. Apesar das novidades externas, o Opala 1980 manteve as maçanetas cromadas e salien

Matérias relacionadas

Nova lei quer criar faixas exclusivas para motos, Mercedes revela interior do novo G-Wagen, um De Tomaso Pantera moderno e mais!

Leonardo Contesini

“Trinca de Ás”: como o primeiro conceito esportivo da Audi se tornou um hatch japonês baseado no Chevette

Leonardo Contesini

Lamborghini Aventador Performante em testes, TVR quer vencer Le Mans, Volkswagen Up pode sair de linha e mais!

Leonardo Contesini