A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Sessão da manhã

900 cv a 9.000 rpm: o novo Mustang de drift Vaughn Gittin Jr. em ação – andando de lado, claro!

vaughn-gittin-jr-mustang-rtr (1)

Vaughn Gittin Jr. é um dos maiores nomes do drift na atualidade. Não, ele não compete no Japão (apesar de já ter ido para lá algumas vezes para dar umas aceleradas com Daigo Saito), mas sim nos EUA, onde acontece a Fórmula Drift americana. Ele já está nessa desde 2004, pelo menos, e conquistou seu primeiro título — o D1 Grand Prix America vs. Japan — em 2005.

Seu nome é instantaneamente associado ao Ford Mustang, e não é à toa: além de competir com ele há anos, atualmente sua equipe de drift é parceira da Ford e da Monster Energy — assim como a Hoonigan, de Ken Block. É por isso que, para a temporada deste ano, que começa ainda em abril, Gittin Jr. tem uma nova máquina, feita com todos os recursos possíveis disponibilizados pela Ford Performance: o Nitto Tire Monster Energy Ford Mustang RTR 2016. E você não vai precisar de mais que um minuto para ficar de queixo caído com ele:

Se você acha que já viu este carro antes, bem… você está enganado. No vídeo onde Gittin Jr. e Daigo Saito protagonizam uma batalha de dorifuto nas montanhas, o Mustang usado pelo americano é uma versão de demonstração, com um motor Ford Aluminator capaz de entregar pouco mais de 500 cv. Agora, a gente está vendo o real deal, equipado com um V8 Roush Yates/Ford Performance de 436 pol³ (7,1 litros) e nada menos que 900 cv (na verdade, um pouco mais), capaz de girar a mais de 9.000 rpm. O câmbio é um Andrews dog box de quatro marchas, do mesmo tipo usado pela Nascar.

vaughn-gittin-jr-mustang-rtr (3)

O motor é, em essência, o mesmo usado pelo carro anterior de Vaughn Gittin Jr — derivado do projeto da Roush Yates para a Nascar e disponível como crate motor, o V8 de 7,1 litros entrega, em sua versão comercial, “mais de 875 cv”. Com corpos de borboleta individuais e combustível de competição VP C85, composto principalmente de etanol, o carro do piloto é ainda mais potente. Na verdade, Gittin Jr. diz que conseguiu 100 cv a mais só trocando de combustível. Seu antigo carro usava gasolina VP 100, de alta octanagem.

vaughn-gittin-jr-mustang-rtr (7)

E o ganho de potência pode ser visto na prática. No vídeo abaixo, vemos uma drag race entre os dois Mustang, o anterior e o atual. Olha como o RTR 2016 trucida seu antecessor no quarto-de-milha.

De acordo com Gittin Jr., seu novo Mustang é capaz de cumprir o quarto-de-milha na casa dos nove segundos. “É loucura pensar que eu estou pilotando o equivalente a um carro de arrancada de nove segundos… de lado”, ele diz. Agora, segundo o próprio, a maior vantagem do novo carro em relação ao anterior é a suspensão traseira independente: “com ela, poderemos ajustar o carro perfeitamente para cada pista com muito mais precisão”, comenta.

vaughn-gittin-jr-mustang-rtr (8)

O carro ainda usa rodas RTR Tech 7 de 20 polegadas desenvolvidas pelo próprio Gittin Jr. em parceria com a HRE Wheels (disponíveis comercialmente apenas para o Mustang), calçadas com pneus Nitto NT05.

E é claro que o Mustang RTR 2016 não seria um verdadeiro carro de competição sem uma bela dieta. Assim, boa parte dos painéis da carroceira foi trocada por versões equivalentes de fibra de carbono. Materiais leves também foram usados em outras partes do carro — incluindo componentes estruturais, rodas e itens de acabamento. O resutado? O carro pesa apenas 1.270 kg, distribuídos perfeitamente em 50% para a dianteira e 50% para a traseira.

vaughn-gittin-jr-mustang-rtr (2)

A real é que este vídeo de um minuto foi apenas um teaser. O carro será realmente posto à prova a partir do próximo dia 8 de abril, quando será realizada a primeira etapa da temporada 2016 da Fórmula Drift. O palco será o circuito de rua de Long Beach, na Califórnia. Até lá, fique com mais algumas fotos da máquina — e aproveite para mudar seu wallpaper, por que não?

vaughn-gittin-jr-mustang-rtr (9) vaughn-gittin-jr-mustang-rtr (6) vaughn-gittin-jr-mustang-rtr (5) vaughn-gittin-jr-mustang-rtr (4) vaughn-gittin-jr-mustang-rtr (10)

Matérias relacionadas

Como nasceu o novo Ford GT, o supercarro que roubou a cena em Detroit

Dalmo Hernandes

O duelo de 1.800 cv: qual é o hipercarro mais rápido, o Porsche 918 Spyder ou o McLaren P1?

Dalmo Hernandes

Este Ford GT de mais de 2.000 cv chegou a 440 km/h em uma milha e quase quebrou um dinamômetro

Dalmo Hernandes