A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

A história das peruas brasileiras | Parte 2: o sucesso dos anos 1980

Na primeira parte desta história contamos como as peruas brasileiras nasceram praticamente junto da indústria automobilística nacional com a DKW Universal em setembro de 1956 e como elas se consolidaram ao longo de 20 anos. Você talvez tenha notado que a primeira parte foi encerrada com a Volkswagen Variant II, lançada em 1977 como modelo 1978, mas não incluiu o Ford Corcel II Belina, que foi lançado na mesma época e foi o principal rival da Variant II. As diferenças conceituais entre os dois carros deixam claro o motivo: a "Belina II", embora fosse tecnicamente idêntica à sua antecessora, era um carro mais moderno que a Variant em termos mecânicos e em estilo, visto que ela foi desenvolvida para os anos 1980 que se aproximavam, como ficava claro pelos inéditos faróis retangulares, pelas linhas retas, cantos vivos, lanternas integradas e pelo interior mais refinado. Por essa razão, optamos por colocar essa diferença entre a Belina "II" e a Variant II como o divisor das fases das peruas b

Matérias relacionadas

Dois motores, nenhum juízo: Alfa Romeo 16C Bimotore – ou o primeiro Ferrari projetado por Enzo

Milton Rubinho

Como o 959 tornou-se a obra-prima da Porsche

Leonardo Contesini

Stig Blomqvist: a trajetória do único piloto sueco a conquistar um título no Grupo B | Lendas do WRC

Dalmo Hernandes