A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

A odisséia aeronáutica: a história do primeiro voo que cruzou o oceano sem parar

Hoje em dia a Rolls-Royce é mais conhecida por seus carros de altíssimo luxo. Os modelos atuais – Ghost, Phantom, Wraith, Cullinan – representam uma tradição de mais de um século em fabricar os automóveis mais luxuosos que o dinheiro pode comprar. Mas esta é só uma das facetas da Rolls-Royce. Sim, a empresa fundada em 1904 fabricava automóveis desde o início. Mas, naquela época, sua principal atividade era a fabricação de motores aeronáuticos. E foi com dois motores Rolls-Royce que o avião de John Alcock e Arthur Brown realizou um feito que entrou para a história: o primeiro voo transatlântico ininterrupto da história. A viagem aconteceu entre os dias 14 e 15 de junho de 1919, exatos 100 anos (e três dias) atrás. Se há um bom momento para relatar esta pequena epopeia, é agora. Uma boa forma de começar a contar esta história é conhecendo seus personagens: John Alcock e Arthur Brown. Arthur Brown e John Alc

Matérias relacionadas

Intermeccanica: a incrível história de Frank Reisner

Marco Antônio Oliveira

Hockenheimring: a evolução do circuito (e dos tempos de volta) do GP da Alemanha

Leonardo Contesini

O incrível Fusca flat-8 de dois motores dos irmãos Fittipaldi

Leonardo Contesini