A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

A pré-história da aviação: como o homem voava antes dos aviões? | Parte final

Na primeira parte deste post, falamos sobre como o ser humano começou a tomar atitudes para realizar o sonho de voar. Recapitulando rapidamente: já na Antiguidade o homem tentava imitar os pássaros para ganhar o céu, prendendo asas artificiais ao corpo e saltando de lugares altos (o que, obviamente, resultou em algumas fatalidades). Não foi até o século 18 que a humanidade conseguiu alçar voo – não com asas, mas com balões. O primeiro balão a levar passageiros em um passeio pelos céus o fez em 1783, na França. Os passageiros não eram humanos, e sim animais, mas não fazia diferença: aquele foi o primeiro passo. O problema era que os balões não podiam ser controlados com precisão – era possível aliviar peso para aumentar a altura, e esfriar o ar de dentro deles para pousar. E só. A direção era definida pelo vento e, essencialmente, os balões viajavam à deriva. Isto posto, os balões deram origem aos dirigíveis – através de propulsores eólicos e componentes aerodinâmicos,

Matérias relacionadas

Existe mesmo uma tampa de bueiro viajando a mais 200.000 km/h no espaço sideral?

Dalmo Hernandes

A história do Chevrolet Corvette | Parte 3: a terceira geração… e a decadência

Dalmo Hernandes

Como Carroll Shelby se tornou uma lenda dentro e fora das pistas

Dalmo Hernandes