A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Avaliações Zero a 300

Aceleramos o Honda Civic Touring – e descobrimos as qualidades (e defeitos) da versão turbo

Quando a Honda confirmou o lançamento da décima geração do Honda Civic no Brasil, as expectativas eram altas — especialmente porque seria a primeira geração do Civic equipada com um motor turbo downsized. Àquela altura de 2016, Citroën, Peugeot, Volkswagen e Chevrolet já ofereciam sedãs médios com motores turbo por aqui, mas todos eram coadjuvantes do segmento, com um volume de vendas modesto e um público específico. O Honda seria o primeiro downsized com potencial para desafiar o Toyota Corolla. Os planos da Honda eram modestos: vender apenas 3.000 unidades por mês. Mesmo assim, passados 18 meses desde o lançamento, a média mensal tem sido inferior a 2.200 unidades. O que aconteceu? Será que o Civic não tem qualidades suficientes para conquistar ao menos parte dos 60.000 clientes que o Corolla encontrou em 2017? No começo de novembro, enquanto o Juliano se divertia com o primeiro Civic fabricado no Brasil — aquele modelo 1997 quase zero-quilômetro que a Honda guarda —, eu es

Matérias relacionadas

Quando a Porsche parou de fabricar um Mercedes-Benz para fabricar um Audi

Dalmo Hernandes

Marea Turbo: 500 cv nas rodas e escape direto – aumente o volume para este FlatOut Midnight!

Juliano Barata

Fumaça azul e giro alto: os esportivos e carros de corrida com motor dois-tempos

Leonardo Contesini