A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Avaliações Zero a 300

Aceleramos o Jaguar F-Type P300 em Interlagos: 2.0 turbo Ingenium. E aí, como é a tocada?

Se todo Jaguar tem um pouco de carro de vilão em sua personalidade, o F-Type nasceu em 2013 como o Dodge Charger 1968 de fraque: bad to the bone, com design matador, motores V6 e V8 supercharged borbulhando agressividade – com timbre a la E-Type no seis cilindros e algo como um Shely GT500 britânico no V8 – e um trabalho meticuloso de comprimento de onda e pulsação nos escapes. Era a primeira vez que ouvíamos os estralados no escapamento durante uma tirada de pé num automóvel moderno, uma remissão acústica aos carros antigos de corrida com excesso de mistura estourando no escape. Hoje, quase todo mundo copiou isso, especialmente os alemães. Tempos de volta, zero a 100, velocidade máxima, nada disso exatamente importava: o que realmente importava era que os dias de uma Jaguar envelhecida e opaca sob o domínio da Ford (1999-2008) acabaram. Ironia tipicamente britânica o fato de eles precisarem da administração de outra ex-colônia inglesa para ficarem mais ingleses do que nunca. O F-Type p

Matérias relacionadas

Volkswagen lança Golf Variant manual, Prefeitura de SP pode ter usado dinheiro de multas de forma irregular, Bugatti Chiron flagrado de frente e mais!

Leonardo Contesini

MB 100 D: quando a Mercedes-AMG fez uma van (sim: uma van) a diesel

Leonardo Contesini

Investimento em asfalto cai 70% em SP, Volskwagen estuda vender Golf GTE no Brasil, BMW mostra futuro Série 1 Sedan e mais!

Leonardo Contesini