FlatOut!
Image default
Avaliações

Aceleramos o T-Cross: o SUV compacto da VW chegou tarde – mas mira o topo da cadeia alimentar


O Ecosport nasceu, cresceu e atrofiou nos últimos quinze anos. Criou um nicho dentro do segmento dos SUVs compactos (tecnicamente, crossovers), acompanhado de perto por muitos rivais, que se acumularam ano após ano até finalmente o engolir no market share. Neste tempo todo, a Volkswagen optou por assistir de longe. Flertou de leve com a ideia ao produzir o Crossfox, mas nada muito além disso. Ao mesmo tempo, no primeiro degrau do segmento premium, o Tiguan de primeira geração teve muito boa aceitação por aqui e era um recado bastante claro do mercado. Talvez por falta de uma plataforma moderna o suficiente, talvez por conservadorismo, o fato é que só agora a Volkswagen lançou o seu representante nesta categoria, após um desenvolvimento de aproximadamente quatro anos – iniciado pouco depois que o Golf de sétima geração chegou ao Brasil, já com a definição de nacionalização da versátil e moderna plataforma MQB consolidada. Eis o T-Cross. Mais do que tudo isso, ele faz parte de u