FlatOut!
Image default
Papo de Garagem Técnica Zero a 300

Aerofólio traseiro em hatches de tração dianteira: faz sentido? Qual o motivo?


Por algum motivo desconhecido, um recorte deste vídeo abaixo andou viralizando nas últimas semanas. Trata-se de um antigo episódio do Best Motoring no qual o piloto Orido Manabu tenta cravar o recorde de time attack em Tsukuba na categoria FF Sports com um Civic EK9 B16 turbinado preparado pela Esprit, com 465 cv. O momento marcante acontece aos 1:33, quando Orido tenta remover a asa traseira para reduzir o sub-esterço (saída de frente), bem como reduzir o arrasto aerodinâmico e aumentar a velocidade nas retas – artimanha usada pelos pilotos da Fórmula 1 no fim da década de 1960 em classificações de provas com retas enormes, como o circuito de Monza. A consequência imediata é o total desequilíbrio: nas retas o carro já vem passarinhando, nas frenagens mais fortes (reta principal e reta oposta) a traseira escorrega em demasia e faz o carro entrar na curva ligeiramente atravessado e o sobre-esterço (saída de traseira) é quase incontrol