A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Cinema

Além do DeLorean: os outros carros que aceleram (e voam) em “De Volta Para o Futuro II”

Daqui a pouco o dr. Emmett Brown chegará de 1985 trazendo de carona Marty McFly e Jeniffer Parker a bordo do DeLorean DMC12 convertido em máquina do tempo. O carro é mais do que conhecido e reconhecido pelos fãs de carros, de viagens no tempo e de cinema e, sem dúvida, ajudou a transformar a trilogia “De Volta Para o Futuro” em um dos melhores filmes de carro, mesmo que não seja sobre carros.

Mas ele não fez isso sozinho. Os três filmes estão cheios de boas referências automotivas e carros bacanas que acabam ofuscados pelos sons futuristas do DeLorean, por suas portas asa-de-gaivota e sua carroceria inoxidável. Um exemplo? Você já notou que há um Fusca circulando por Hill Valley em 2015? E que há um Citroën DS no filme?

É por isso que vamos aproveitar a véspera da chegada de Marty e Doc para falar sobre os outros carros de “De Volta Para o Futuro II” (Back To The Future II – 1989).

 

Toyota Hilux SR5 Deluxe Xtracab

BackToFutureToyota1

O primeiro carro aparece logo nos primeiros segundos do filme, antes mesmo dos créditos iniciais. Marty McFly abre a porta da garagem e encontra sua Toyota Hilux SR5 Deluxe Xtracab preta que usará para acampar no lago com sua namorada Jeniffer.

 

069b02da5b4d95de4be66330a47a49da

O carro original não é tão legal quanto aquele na garagem de Marty, e o motor 22R-E 2.4 aspirado de 106 cv não é muito empolgante. Por isso, a picape personalizada para o filme com rodas US Wheel 94 Black Modular de 15 polegadas, pneus Goodyear Wrangler, um par faróis de milha KC retangulares no quebra-mato, outros quatro faróis de longo alcance circulares da KC no santantônio, e todos os cromados (como grade e espelhos) foram pintados de preto.

10408934_440971246084945_6591063888021081962_n

Sendo um carro com papel secundário, depois das gravações dos dois últimos filmes o carro foi vendido e recentemente restaurado por inteiro, em um processo registrado em uma página no Facebook.

 

BMW 633CSi

landscape-1443797735-future

Depois, chegando ao futuro, Marty vai ao Café 80’s, um café temático retrô, decorado com ícones dos anos 1980. Lá ele precisa encontrar Griff Tannen, o neto desmiolado de Biff Tannen, fingir que é seu filho Marty Jr. e negar a participação em uma “parada” que o colocaria na cadeia. Depois de jogar Wild Gunman com Elijah Wood, Marty vai bater um papo com Biff idoso, quando Griff chega em seu BMW 633CSi.

Captura de Tela 2015-10-04 às 19.01.37

Esse é o 633CSi original

O Bimmer usa um motor 3.2 de 181 cv na versão americana, mas no filme passou por uma conversão da Goldie Wilson Hover Conversion Systems e passou a voar como um carro do futuro. Por isso, ele tem as rodas cobertas pelo sistema de conversão, e também um scoop enorme no capô, além de uma pintura em dois tons e o teto cortado para se tornar conversível. Você pode vê-lo melhor na cena de perseguição com os hoverboards:

Agora, se você está se perguntando por que Griff e sua gangue não usaram o Bimmer, é por que ele não é um modelo funcional — provavelmente por causa das rodas cobertas, que exigiriam algum mecanismo mais complexo.

BMW-633-Future-24

Também por isso ele passou sua vida pós-Hollywood abandonado em um quintal até 2004, quando um fã do filme chamado Jeff Chabotte topou o desafio de restaurá-lo. O carro ficou pronto em 2008.

 

Ford Probe

i011621-1

O Ford Probe foi um esportivo barato com cara de cupê japonês lançado no fim dos anos 1980 e inspirado em uma série de conceitos futuristas com o mesmo nome. Por isso, em 1989, quando o carro e o filme foram lançados, ele era realmente um carro com visual moderno, e serviu como base para dois Ford do futuro que aparecem no filme.

i011630-1

O primeiro deles aparece quando Marty Jr. atravessa a rua atordoado e quase é atropelado. O outro, serve como rampa para Marty durante a perseguição dos hovercrafts.

800px-Ford_Probe_I_grey_vr_mod

A primeira geração do Probe tinha motores de quatro cilindros da Mazda — um 2.0 aspirado de 111 cv e um 2.2 turbo de 147 cv — e um V6 3.0 Ford de 141 cv. O modelo fez relativo sucesso, mas também encarou muitas críticas por conta da mecânica japonesa e tração dianteira. Em 1993 ele ganhou uma segunda geração e foi produzido até 1997.

 

 

Citroën DS

i003375

Mais à frente, quando o velho Biff Tannen descobre que o Dr. Brown construiu uma máquina do tempo, ele decide seguir a dupla em um táxi para tentar roubar a máquina do tempo e entregar o Almanaque de Esportes da Gray para si mesmo em 1955.

Captura de Tela 2015-10-04 às 19.52.03

Ao chegar lá, descobrimos que o táxi é nada menos que um Citroën DS 1972 convertido para voar, assim como o BMW 633CSi de Griff. O carro aparece poucos segundos na tela e foi extensamente modificado, com novas colunas, calotas lanternas, teto e equipamentos que nunca saberemos para que servem, por isso não é tão fácil reconhecê-lo à primeira vista. É queda acentuada do teto e os piscas elevados que revelam o modelo.

 

Ford Super Deluxe 1946

i003776

O DS 1972 é o carro mais antigo que vemos na Hill Valley de 2015, mas não é o carro mais antigo dessa aventura. Essa marca vai para o Ford Super Deluxe 1946 do jovem Biff Tannen.

i002126

O Ford 46 foi o primeiro modelo da Ford produzido depois da Segunda Guerra, e era equipado com o motor V8 flathead de 229 pol³ (3,9 litros) e 100 cv. Como vimos na história dos hot rods e do próprio flathead, a cultura jovem americana do pós-guerra foi embalada pelos modelos V8 dos anos 1930 e 1940, e provavelmente é por isso que Biff Tannen tinha um desses aos 17 anos. Imagine só: mesmo sendo um imbecil como Biff, você seria o cara mais legal do mundo com um conversível desses.

Uma referência bacana aos carros dessa época é quando Marty e Doc sobrevoam o Ford de Biff. Marty sugere a Doc simplesmente pousar o DeLorean sobre o clássico e o cientista responde: “Ele está em um Ford 46 e nós em um DeLorean. Isso nos rasgaria como papel alumínio”.

 

Quer ver mais? Clique aqui para ver os carros dos outros filmes da franquia.

Matérias relacionadas

V8 Interceptor: dissecamos todos os detalhes do muscle car apocalíptico de Mad Max

Leonardo Contesini

Esta versão de controle remoto do General Lee de “Dukes of Hazzard” salta feito gente grande

Dalmo Hernandes

Rush: o que é real e o que é ficção na história de James Hunt e Niki Lauda?

Leonardo Contesini