A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

AMG GT Black Series custa o dobro do AMG GT R, Ford Ranger Raptor no Brasil, BMW X6M chega até setembro e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Mercedes-AMG GT Black Series custa o dobro do AMG GT R

Por essa nem mesmo os clientes mais especiais da Mercedes esperavam: o novo AMG GT Black Series finalmente teve seu preço divulgado na Europa e, para surpresa geral, ele custa praticamente o dobro do AMG GT R. O modelo parte de nada menos que €335.240 na Alemanha — algo em torno de R$ 2.040.000 na instável cotação atual.

Isso é muito não apenas devido à desvalorização de nosso pobre dinheiro brasileiro, mas também na Alemanha, já que este valor é pouco mais que o dobro do AMG GT R Pro, que custa €165.474. Se comparado ao seu principal rival, o Porsche 991 GT2 RS, a diferença chega aos €50.000, já que ele custava €285.000 em seu lançamento.

E tem mais: essa cor laranja das fotos de divulgação, batizada “Magmabeam” é um opcional de € 8.468 exclusivo do AMG Black Series. Ainda não há confirmação de venda do modelo no Brasil, mas, considerando que o GT R Pro custa R$ 1.700.000, não espere que este chegue por menos de R$ 3.400.000.

Isso torna o GT Black Series o modelo mais caro de sua série até hoje — mesmo considerando a correção do preço dos seus antecessores. O SLS AMG Black Series, por exemplo, custava € 249.000 em 2013 ( € 265.000 em 2020), um adicional de €50.000 sobre a versão regular. Mesmo o SL65 AMG Black Series, que era o topo de linha da classe de topo dos conversíveis da Mercedes, era um carro de US$ 300.000 em 2009 (US$ 360.000 em 2020).

Até hoje somente três modelos da Mercedes custaram mais caro que este atual Black Series: o CLK GTR, que custava US$ 1.547.620 em 1997 (US$ 2.485.000 em 2020), o SLR McLaren Stirling Moss, que custava US$ 1.100.000 em 2009 (US$ 1.322.000 em 2020), e todas as versões regulares do SLR McLaren, que variavam entre €452.500 e €530.000 entre 2003 e 2009 (€595.600 e €611.500).  (Leo Contesini)

 

Um dos protótipos do Ford GT40 está a venda

Um dos cinco primeiros protótipos do Ford GT40 está a venda. O modelo com o chassi GT/105, que é o primeiro GT40 com a carroceria de produção, está a venda em uma loja de modelos exclusivos e clássicos britânica, a Duncan Hamilton Rofgo.

 

O carro também foi o primeiro GT40 com o motor 289 e com a caixa ZF em vez da transmissão Colotti, e disputou a 24 Horas de Le Mans de 1965 como carro de teste, além de ter sido inscrito pela própria Ford em Sebring e Daytona, com Richard Attwood, Bruce McLaren, Phil Hill e Bob Bondurant ao volante.

Apesar de ser um protótipo de testes e um carro de corridas, o GT/105 nunca sofreu danos muitos extensos e é um dos três protótipos sobreviventes e o que tem mais tempo de uso em testes. Os outros dois estão guardados no Museu Shelby, então este é o único exemplar disponível no mercado.

O preço não foi revelado, mas não precisamos pensar muito para concluir que ele chegará muito próximo dos oito dígitos, uma vez que o protótipo vendido mais recentemente, o GT/108 (roadster) foi arrematado por US$ 7,5 milhões em 2019. (Leo Contesini)

 

Acidentes e mortes diminuíram nas rodovias federais no primeiro semestre

Os números de acidentes e mortes nas rodovias federais diminuíram 10% no primeiro semestre de 2020 quando comparado com o mesmo período de 2019. A redução, claro, se deveu ao menor número de veículos em circulação e ao menor número de deslocamentos devido à quarentena iniciada no final de março em praticamente todo o Brasil.

Segundo os dados da PRF, o número de acidentes havia aumentado em janeiro e fevereiro quando comparados ao primeiro bimestre de 2019. O número de mortes, contudo, permaneceu estável. Após o início da quarentena, em março, o volume de acidentes e de fatalidades caiu significativamente, embora venha variando de acordo com a flexibilização da quarentena, o que colocou mais carros nas rodovias e motivou mais deslocamentos. (Leo Contesini)

 

BMW X6M chega ao Brasil ainda no terceiro trimestre

Em março a BMW começou a  vender o novo X6 no Brasil – a princípio na versão única xDrive40i, com motor seis-cilindros biturbo de três litros e 340 cv. Agora, a fabricante anuncia a chegada do X6M, a versão esportiva de fato do suv cupê. Embora não tenha fornecido uma data exata, a BMW diz que ele chega ainda no terceiro trimeste – ou seja, até setembro.

O BMW X6M utiliza, como outros modelos grandes da divisão Motorsport, o motor V8 biturbo S63, de 4,4 litros, 600 cv e 76,4 kgfm de torque. A BMW diz que é o bastante para que o SUV de 2.130 kg vá de zero a 100 km/h em 3,8 segundos, com máxima de 290 km/h.

O BMW X6M virá importado de Spartanburg, nos EUA, onde também é produzida a versão xDrive40i. Ainda não se fala em preços, mas levando em conta que o xDrive40i custa R$ 568.000, podemos esperar algo na casa dos R$ 750.000.(Dalmo Hernandes)

 

Ford Ranger Raptor é flagrada em testes no Brasil

A Ford Ranger Raptor foi flagrada em testes no Brasil. Vídeos e fotos da caminhonete circulando nos arredores da fábrica da Ford em Camaçari (BA) foram publicados no Instagram pelo perfil @bfmsoficial – e, como dá para ver, o motorista da Ranger pareceu ter pressa de sumir de vista.

A Ranger Raptor é a versão mais interessante da picape média da Ford. Ela traz a mesma estética da F-150 Raptor e o mesmo preparo para a prática do off-road, com chassi reforçado, suspensão elevada com mais curso e pneus de maior diâmetro. O motor é um 2.0 a diesel biturbo com 213 cv e 51 kgfm de torque, ligado à transmissão automática de dez marchas da Ford.

Apresentada na Tailândia em 2018, a Ford Ranger Raptor é vendida em países da Ásia, na Europa, na África do Sul, na Austrália e até mesmo na Argentina. A Ford brasileira mantém-se em silêncio a respeito de sua possível vinda ao Brasil, mas rumores dizem que ela chega ainda em 2020. Virá importada da Tailândia e, com isto, seu preço deverá ser consideravelmente mais alto que o da Ranger Storm, que é feita em General Pacheco, na Argentina e custa R$ 150.990. Lembrando que a Ranger Storm é equipada com um cinco-cilindros turbodiesel de 2,2 litros, 200 cv e 47,9 kgfm, mais câmbio automático de seis marchas.

A Ranger Raptor seria uma arma eficaz para encarar a Toyota Hilux reestilizada, que chega mais para o fim do ano; e também para brigar com a Amarok V6 – o apelo visual da Ranger Raptor certamente compensa pela desvantagem em potência, visto que a picape da Volks tem seus 258 cv. (Dalmo Hernandes)

 

Novo Forza Motorsport para XBox Series X é anunciado

Na cola do anúncio de Gran Turismo 7 para o PlayStation 5, a Microsoft anunciou ontem (23) o novo Forza Motorsport para o XBox Series X, que também será lançado no final do ano. Ou seja: a rivalidade entre as duas franquias de corrida está prestes a pegar fogo mais uma vez.

O novo título será simplesmente Forza Motorsport (e não Forza Motorsport 8) e só estará disponível no XBox Series S – ou seja, os donos de XOne estão na mesma situação que os entusiastas do PS4.

Quem for passar para a nova geração assim que ela sair, porém, vai poder curtir o novo Forza em resolução 4K nativa a 60 fps. O trailer também serve como vitrine para o uso do ray tracing, técnica de renderização de luz em tempo real que melhora o visual dos reflexos, das sombras e do brilho dos faróis.

Fora isto, o clipe não diz muita coisa quanto a novos recursos de jogo, ou mesmo quanto à interface de usuário. A Team XBox diz que o game ainda está em sua fase incial de desenvolvimento – ou sejam seu lançamento deve ficar para a segunda metade de 2021, na melhor das hipóteses. (Dalmo Hernandes)

Matérias relacionadas

Um Audi A3 de 525 cv, o novo Civic Type R, os importados mais vendidos em abril e mais!

Leonardo Contesini

Chevrolet terá 30 lançamentos em quatro anos no Brasil, McLaren mais próxima da Indy, Volkswagen revela rival do Compass e mais!

Leonardo Contesini

De Tomaso volta à ativa, AMG A45 e CLA45 revelados, Toyota RAV4 aumenta de preço, Ford GT MKII e mais!