A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

Bandeiras, bolas de golfe e excrementos: tudo o que a humanidade já deixou na Lua

Parece a premissa de um filme de ficção científica dos anos 60: uma sonda terrestre é lançada à Lua, e a viagem acontece sem grandes problemas. Contanto, segundos antes de pousar em solo lunar, o objeto deixa de transmitir sinais para a Terra e simplesmente desaparece. Mas foi exatamente isto o que aconteceu com a sonda Chandrayaan-2 no último dia 6 de setembro, cerca de um mês e meio após sua decolagem. A Chandrayaan-2 foi a segunda sonda indiana a pousar na lua – a primeira foi a Chandrayaan-1, que tocou a superfície lunar em outubro de 2008, fazendo da Índia a quarta nação do mundo a colocar sua insígnia na Lua, depois dos EUA, da Rússia e do Japão. A China conseguiu fazê-lo em 2009. É bem provável que a sonda indiana tenha conseguido pousar na Lua, mas por enquanto é impossível saber sob que condições. Foi um pouso suave? Uma queda abrupta? Vamos levar mais alguns anos para descobrir. De todo modo, a sonda Chandrayaan-2 é um dos vários itens de origem humana que hoj

Matérias relacionadas

V10: a história e a glória dos motores de dez cilindros – parte 2

Dalmo Hernandes

RE-Type: este cara colocou um motor Wankel e um chassi tubular em um Jaguar E-Type

Dalmo Hernandes

Tyrrell P34: o surgimento e a morte do carro de Fórmula 1 de seis rodas

Leonardo Contesini