A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

BMW apresenta M8 Grand Coupe, Lamborghini lança Huracán Performante Spyder, Porsche mostra seu crossover elétrico e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

BMW M8 finalmente dá as caras… como conceito de quatro portas

bmw-concept-m8-gran-coupe4

Só mesmo os conceitos para nos surpreenderem nestes tempos de protótipos que se deixam flagrar e imagens vazadas. E este aqui surpreendeu duplamente: ou você esperava que a BMW fosse fazer um M8 de quatro portas?

BMW-009

O carro foi revelado há algumas horas no Salão de Genebra, e apesar de ser batizado de  Concept M8 Gran Coupe, ele parece bem mais próximo de um carro produzido em série do que o cupê conceitual apresentado no Concorso D’Eleganza Villa D’Este no ano passado. Além disso, a BMW confirmou que ele será produzido em série, bem como a versão de duas portas da Série 8. E o M8 cupê? Bem… sobre isso ninguém falou ainda.

BMW-001

Mas voltando ao M8 Gran Coupe, ele segue o conceito estético de seus irmãos da linha “Gran Coupe” da BMW, com a silhueta típica dos cupês – teto em caimento suave até a borda da traseira — com quatro portas. Nos parece uma resposta imediata ao Mercedes-AMG GT 63 (o modelo quatro-portas, do qual vamos falar em um post exclusivo) e também a alternativa da BMW ao Porsche Panamera e Aston Martin Lagonda.

BMW-016

Como é costume da BMW nestes últimos anos, este conceito aproxima mais a Série 8 do seu visual definitivo, com faróis, grade e saídas de escape mais realistas, embora os para-choques, os detalhes dourados e o difusor traseiro acabarão modificados para a versão de produção em série. O que também podemos esperar no M8 Grand Coupé de série é o teto de fibra de carbono (um recurso para abaixar o centro de gravidade) e as tomadas de ar dos para-choques feitas do mesmo material compósito.

bmw-concept-m8-gran-coupe

A BMW M não mencionou detalhes sobre a motorização do carro, mas pode esperar uma variação mais potente do V8 4.4 biturbo do atual M5, algo em torno de 610 a 630 cv. A estreia está prevista para 2019, quando a Série 8 irá assumir o topo da linha BMW.

 

Lamborghini Huracán Performante perde o teto e ganha versão Spyder

2019-lamborghini-huracan-performante-spyder-1

 

Como já era de se esperar, a Lamborghini levou a Genebra a versão aberta do Huracán Performante. Batizado Huracán Performante Spyder, o modelo tem exatamente as mesmas especificações do cupê, e praticamente o mesmo desempenho, o que o torna um potencial candidato a conversível mais rápido em Nürburgring — se a Lamborghini quiser, claro.

2019-lamborghini-huracan-performante-spyder-2

O motor é o mesmo 5.2 V10 de 640 cv e 61,1 kgfm — um ganho de 30 cv e 4,1 kgfm sobre o LP610-4 Spyder, que também é 35 kg mais pesado. A aceleração de zero a 100 km/h leva apenas 0,2 segundo a mais que a do Performante cupê, sendo concluída em 3,1 segundos. Isso também é 0,4 segundo mais rápido que o Huracán Spyder convencional. A velocidade máxima é a mesma do Performante cupê, 325 km/h.

2019-lamborghini-huracan-performante-spyder-3

Também como o cupê, o Performante Spyder tem suspensão recalibrada, direção mais direta, controle de tração com mapeamento próprio, aerodinâmica ativa (ALA) e três modos de condução (Strata, Sport e Corsa). O modelo chega somente no segundo semestre e custará 219.600 euros — 24.000 euros mais caro que o Performante cupê. Caso dê as caras no Brasil, deverá custar dez vezes este valor.

 

Fiat apresenta Abarth 124 GT

4_085

Dois anos depois de apresentar o 124 Abarth de rali neste mesmo Salão de Genebra, a Fiat agora está lançando uma versão de rua baseada no modelo de competição: o Abarth 124 GT.

O modelo agora vem equipado com rodas de 17 polegadas da OZ, que são 3 kg mais leves que as originais, e uma capota rígida de fibra de carbono, exatamente como a do modelo de rali. Ela pesa apenas 16 kg e tem revestimento interno de tecido, bem como desembaçador no vidro traseiro, e se encaixa no lugar da capota de tecido, que fica recolhida quando esta é usada.

Captura de Tela 2018-03-06 às 13.46.58

Outro diferencial da versão é a pintura cinza Alpi Orientali Grey, a única opção de cor para o 124 GT. Ele também ganha capas dos retrovisores com acabamento “gunmetal” (um tipo de preto cromado), spoiler dianteiro na mesma cor, e asa traseira de fibra de carbono.

4_083

O motor é o mesmo 1.4 turbo do Abarth 124 europeu, com 170 cv e 25,4 kgfm, capaz de levar o roadster de zero a 100 km/h em 6,8 segundos e à máxima de 231 km/h. O câmbio pode ser um manual de seis marchas ou, opcionalmente, um automático também de seis marchas.

 

Porsche apresenta Mission E Crossover

2_067

Não é novidade que a Porsche está decidida a investir maciçamente em uma linha elétrica a partir de 2020 e sua novidade para Genebra não foi o novo 911 992 nem a versão GT4 do 718 Cayman — ao menos não até agora. Eles apresentaram a o segundo conceito de sua família elétrica: o Mission E Cross Turismo.

2_074

Como seu nome sugere, trata-se de um crossover meio perua, baseado na arquitetura que dará origem ao Mission E sedã. Isso significa que ele terá tração integral proporcionada pelos dois motores, instalados um em cada eixo. No total, ele terá mais de 600 cv e poderá acelerar de zero a 100 km/h em menos de 3,5 segundos, e aos 200 km/h em menos de 12 segundos. E segundo a Porsche, ele poderá fazer várias acelerações seguidas sem perda de desempenho devido à sua arquitetura de 800 volts, que também irá permitir uma autonomia de até 400 km e apenas 15 minutos de recarga.

2_070

Por dentro ele substitui todos os instrumentos físicos e botões por telas e superfícies sensíveis ao toque, e o quadro de instrumentos usa tecnologia de rastreamento ocular, o que significa que o painel “sabe” para onde você está olhando e assim pode colocar o instrumento em questão em destaque.

2_072

Agora… considerando que o Mission E será o primeiro modelo elétrico da Porsche e que chega somente em 2020, não espere que este crossover dê as caras antes de 2021.

 

Alpine apresenta três versões do A110

2018 - ALPINE A110 Pure et ALPINE A110 Légende

Depois de esgotar a Premiere Edition do A110, a Alpine agora apresenta as duas versões regulares do seu novo esportivo: Pure e Legende. A primeira delas, como sugere o nome, é voltada aos entusiastas que não se importam em abrir mão de um pouco de conforto em troca de desempenho. Ele vem com bancos concha da Sabelt (que pesam apenas 13 kg cada) e tem outros recursos de redução de peso, como menos isolamento acústico e materiais leves na cabine, para manter o peso do carro abaixo dos 1.100 kg. E ele nem precisou perder o ar-condicionado e o sistema multimídia para isso.

2018 - ALPINE A110 Pure and ALPINE A110 Légende

A versão pure ainda pode ser equipada com freios Brembo e escape adaptativo (com um modo silencioso e outro modo legal de verdade). Também é possível equipá-lo com bancos mais confortáveis, com ajustes elétricos. Estes bancos são os mesmos oferecidos de série na versão Legende, que atua como topo de linha, mais voltada ao uso diário e às grandes routières. Por isso ele vem com bancos de couro, duas opções de sistema de áudio, mais isolamento acústico e duas opções de rodas de liga leve.

As duas versões usam o mesmo motor do A110 Premiere Edition: o 1.8 turbo de 252 cv e 32,6 kgfm, ligado às rodas traseiras pelo câmbio automático de sete marchas com embreagem dupla. Com esse conjunto, o esportivo vai de zero a 100 km/h em 4,5 segundos e chega à máxima de 250 km/h.

2018 - ALPINE A110 GT4

A terceira versão (não esqueci dela não, galera), é o A110 GT4, uma versão de pista desenvolvida pela Signatech — a mesma equipe que venceu o WEC em 2015 (LMP2). O carro vem com motor mais potente (quanto? Não disseram…) e traz freios Brembo, pneus slick, câmbio sequencial, aerofólio traseiro, difusor, splitter frontal, gaiola, bancos de competição com cinto de cinco pontos e sistema de supressão de incêndio. O ar-condicionado é opcional.

2018 - ALPINE A110 GT4

Matérias relacionadas

Deputados querem proibir garupa em motos em SP, Honda lança novo Accord no Brasil, protótipo do Koenigsegg One:1 está à venda por R$ 23 milhões e mais!

Leonardo Contesini

Ken Block mostra seu novo Focus, Audi A3 ganha visual novo, câmbio manual de sete marchas para o Aston V12 Vantage e mais!

Leonardo Contesini

Cadillac Eldorado 1956: uma barca norte-americana de respeito à venda no Brasil

Dalmo Hernandes