A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

Camaro Z/28: o devorador de curvas que dominou a Trans-Am em 1968 e 1969

Recentemente começamos aqui no FlatOut uma minissérie a respeito dos muscle cars norte-americanos que ousaram desafiar as curvas e se tornaram ícones do automobilismo – os especiais de homologação da Trans-Am. Depois do Plymouth 'Cuda AAR, do Dodge Challenger T/A e do Mustang Boss 302, chegou a vez dele: o Camaro Z/28. O Chevrolet Camaro foi lançado pela Chevrolet em 1967 especificamente como resposta ao Ford Mustang, que fazia sucesso nas ruas, nas dragstrips e nos circuitos de corrida. Com ele, a Ford inaugurou um novo segmento no mercado, ajudou a popularizar os muscle cars e cimentou a reputação entusiasta do oval azul nos Estados Unidos. A General Motors, obviamente, também queria algo assim. Feito sobre a plataforma do Chevrolet II/Nova, que só seria lançado no ano seguinte, o Camaro chegou ao mercado em 1967 com um visual mais moderno, limpo e robusto que o próprio Mustang, e diversas opções de motor – de um seis-em-linha de 3,8 litros e 140 cv a um V8 small block de 6,5 litro

Matérias relacionadas

Memórias de Saigon: os carros clássicos que sobrevivem na antiga capital do Vietnã

Dalmo Hernandes

Rally dos Sertões: a história do cross-country que atravessa o Brasil há quase 30 anos

Dalmo Hernandes

Ford F-150 SVT Lightning: a picape com motor de muscle car que arrepiou nos anos 1990

Dalmo Hernandes