A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Casa de Ayrton Senna para alugar, Corvette terá versão de 1.000 cv, BMW lança Série 3 híbrido no Brasil e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Casa de Ayrton Senna está anunciada para locação

Você conhece essa casa. Ela apareceu como pano de fundo em diversas fotos de um jovem Ayrton Senna pois era seu escritório no início da carreira, até 1984, quando Senna entrou na Fórmula 1. Pois agora ela está vazia e anunciada para locação comercial.

A casa foi usada como escritório por Ayrton Senna até 1984, aproximadamente, quando o piloto ingressou na Fórmula 1. Depois, ela foi cedida à Torcida Ayrton Senna (TAS), uma torcida “oficial” de Ayrton criada em 1988 por um advogado chamado Adilson Almeida que a transformou em uma espécie de “museu informal” do piloto.

Em 2013, contudo, a família Senna pediu o imóvel de volta e, no ano seguinte, despejou o advogado sem muitas explicações. Agora, a casa foi colocada para locação, segundo apontou o site São Paulo Antiga. O imóvel está anunciado para locação comercial por R$ 6.000 mensais mais R$ 647 de IPTU.

Não é um valor demasiadamente elevado para um imóvel comercial deste porte em São Paulo e, como observou Flávio Gomes em seu blog, poderia facilmente se tornar um museu marcando a presença de Senna na Zona Norte da cidade, onde nasceu e passou parte da infância e adolescência. (Leo Contesini)

 

Mortes no trânsito caem 31% em São Paulo durante a quarentena

O número de mortes no trânsito das ruas e rodovias do estado de São Paulo caiu 31% durante a quarentena, se comparado com o mesmo período do ano passado. Embora a estatística pareça é positiva no atual momento do sistema de saúde, devido à ocupação de leitos de terapia intensiva, ela não significa absolutamente nada além do fato de o número total ter diminuído.

Isso, porque o isolamento reduziu o volume de veículos nas estradas, então por uma questão de probabilidade simples a redução de mortes era algo previsível. Contudo, sem saber qual foi a redução no volume de veículos, sem saber se houve variação na velocidade média, no número de pedestres em circulação e outras variáveis do sistema de trânsito.

O número de atropelamentos, por exemplo, variou pouco mais de 12% negativamente, apesar do isolamento ter variado entre 74% e 51% durante a quarentena. Foram 16 atropelamentos entre 24 e 21 de março de 2019 e 14 entre 24 e 31 de março de 2020. Os acidentes com ciclistas resultaram em 7 mortes neste período de 2020 e 8 no mesmo período de 2019, uma redução ainda menos significativa estatisticamente.

 

Mas a principal referência — e a mais importante neste momento — é saber quantos acidentes graves sem mortes aconteceram, pois são eles que ocupam os leitos necessários para tratar os pacientes graves com covid-19, e esta estatística não foi divulgada. Sendo assim, o número impressiona por seu percentual — afinal, uma redução de 31% é quase um terço a menos —, mas, na prática, não quer dizer muita coisa. (Leo Contesini)

 

Corvette terá versão biturbo de 1.000 cv

Uma série de documentos da GM acessados pelo site Hagerty e informações do site GM Authority revelaram os planos futuros para o Corvette — dos modelos de exportação à sua versão de topo, com 1.000 cv.

Os primeiros lançamentos serão os modelos de exportação, voltados para a Europa e Reino Unido (mão esquerda), que serão lançados a partir de 2021 com pequenas variações de potência devido às necessidades específicas de homologação.

Em seguida, virá o aguardado Z06, com uma carroceria mais larga, pneus mais largos, freios maiores e um V8 de 5,5 litros derivado do LT6 usado no C8.R. Esse motor tem comando de válvulas duplo no cabeçote, 32 válvulas, virabrequim plano e 9.000 rpm de limite de rotações, o que resultará em cerca de 650 cv de potência.

Em 2023 virá o Grand Sport, com uma versão de “ao menos 510 cv” do motor 6.2 do modelo base, segundo o pessoal do GM Authority. A Hagerty, contudo, afirma que o Grand Sport terá um motor elétrico para formar um powertrain híbrido e rodar com 600 cv. O GM Authority diz que este modelo será lançado, porém com o nome E-Ray e ainda sem data para lançamento.

No ano seguinte, 2024, virá o ainda mais aguardado ZR1, que terá um V8 de 5,5 litros biturbo, chamado LT7. Ele irá produzir cerca de 850 cv e 113,8 kgfm, terá suspensão ativa, aerodinâmica ativa e outras “surpresas” tecnológicas.

Por último, em 2025 virá o Corvette Zora, uma homenagem ao criador do Corvette de motor central-traseiro, o engenheiro Zora Arkus Duntov, equipada com uma versão biturbo do powertrain híbrido do E-Ray, que o levará aos 1000 cv e aos 138 kgfm e tração integral. (Leo Contesini)

 

BMW Série 3 híbrido chega por R$ 270.000

A BMW anunciou nesta semana a chegada do Série 3 em versão híbrida ao Brasil, custando R$ 269.950. Porém, diferentemente dos outros Série 3 vendidos por aqui, ele vem importado de Munique, na Alemanha.

O BMW 330e M Sport é movido por um motor 2.0 turbo de 184 cv, mais um motor elétrico de 113 cv alimentado por um conjunto de baterias de íon de lítio. Movido apenas pelo motor elétrico, o sedã é capaz de percorrer até 66 km. Com potência combinada de 292 cv, o conjunto é capaz de levar o 330e M Sport de zero a 100 km/h em 5,9 segundos, com máxima de 230 km/h.

O acabamento e o nível de equipamentos é semelhante ao do BMW 330i M Sport, que custa cerca de R$ 20.000 a mais – incluindo central multimídia, painel digital, assistente com reconhecimento de voz e cruise control adaptativo. O pacote M Sport ainda acrescenta amortecedores ativos, freios melhores e acabamento mais esportivo.

O BMW 330e M Sport já está disponível a pronta entrega em algumas concessionárias BMW, nas cores branco, cinza e preto – e o preço inclui o Wallbox para recarga em casa. (Dalmo Hernandes)

 

Porsche lança nova central multimídia para o 911 clássico

Se você tem um Porsche 911 clássico e gostaria de um bom sistema de som com GPS que não brigasse com a estética do painel, boas notícias: a Porsche acaba de lançar um  novo rádio retrô para o nine-eleven – ou melhor, uma nova central multimídia.

O aparelho tem uma tela sensível ao toque de 3,5 polegadas, utiliza o navegador padrão da Porsche e oferece integração com smartphones através do Apple CarPlay, mas fica devendo conectividade com celulares Android. Embora seja chamada de “retrô” pela Porsche, a central é melhor descrita como neutra – tem acabamento todo preto e bastante discreto, com apenas dois seletores giratórios e seis botões.

Além da central 1-din, a Porsche também apresenta sua central multimídia 2-din feita para os Porsche 911 996 e Boxster. Ela tem uma tela maior, de sete polegadas, e também foi projetada para combinar com o painel do carro. E, diferentemente da central para o 911 dos anos 1960, esta possui conectividade com Android, além do iOS.

A central 1-din custa US$ 1.600 (cerca de R$ 8.700 na cotação de hoje), enquanto a central 2-din sai por US$ 1.800 (R$ 10.000). (Dalmo Hernandes)

 

Toyota Hilux reestilizada aparece em imagens vazadas com visual inspirado na Tacoma

A Toyota deve promover em breve uma reestilização para a picape Hilux – a segunda nesta geração, lançada em 2015. E o blog Milele Motors, de Dubai, parece ter conseguido imagens oficiais.

O que se vê é uma picape com faróis e grade inspirados pela Tacoma, sua irmã maior. Embora o contorno dos faróis não seja tão diferente das peças usadas pela Hilux atual, os elementos internos são mais complexos e dão à face frontal um visual mais imponente. O para-choque dianteiro também adota novas entradas de ar e um aplique que imita um peito-de-aço mais destacado.

Na traseira, as lanternas exibem luzes principais de LED, com os elementos internos bipartidos verticalmente – luz de freio em cima, setas e luz de ré embaixo.

O site diz que o interior ganhará uma nova central multimídia com integração de smartphones iOS e Android, além do sistema Toyota Safety Sense, já encontrado no Corolla e na RAV4, com cruise control adaptativo e frenagem automática de emergência.

Fala-se, ainda, em melhorias no motor turbodiesel de 2,8 litros, a fim de adequar a picape às novas leis para emissão de poluentes e, de quebra, conseguir mais potência – um aumento de pelo menos 27 cv e 2 kgfm em relação aos números atuais, chegando assim a 204 cv e 47,9 kgfm.

Espera-se que a Toyota vá revelar oficialmente a Hilux reestilizada no segundo semestre de 2021, na Tailândia, para depois levá-la para outros mercados – incluindo o Brasil. (Dalmo Hernandes)

 

Royal Enfield Meteor 350 deve ser nova moto de entrada da marca

A Royal Enfield deve colocar no mercado um novo modelo de entrada chamado Meteor 350 – belo nome, por sinal. O posto atualmente é ocupado pela Thunderbird 350, vendida na Índia. Sua sucessora, porém, deve expandir-se para outros mercados.

De acordo com o site Ride Apart, a questão tem muito a ver com o nome da Royal Enfield Thunderbird – ela só pode ter este nome na Índia, pois nos EUA o nome Thunderbird pertence à Ford e, na Europa, a marca é registrada pela Triumph. Então, se quiser vender a moto no resto do mundo, a RE precisa mudar seu nome.

O estilo também difere – flagras da Meteor em testes sugerem um estilo mais próximo de uma cafe racer, com guidão mais baixo, lanterna traseira circular e quadro de instrumentos redondo com mostradores analógicos e digitais, enquanto a Thunderbird tem uma pegada mais cruiser. A moto terá um motor monocilíndrico de 350 cm³ atualizado, com um novo sistema de injeção eletrônica e outras modificações para reduzir a emissão de poluentes.

Os colegas do Motor1.com entraram em contato com a Royal Enfield do Brasil, e a fabricante diz que por enquanto não há nada previsto em relação à Meteor 350 para nosso mercado. (Dalmo Hernandes)

Matérias relacionadas

Range Rover Velar “vazou” antes da hora, McLaren P14 terá quadro de instrumentos duplo, os novos recordes do supercarro elétrico chinês e mais!

Leonardo Contesini

LaFerrari Spider revelada em miniatura, Mazzanti Evantra ganha versão de 1.000 cv, Ken Block lança uma van e mais!

Leonardo Contesini

Uma Ford F-100 com motor V8 Mopar (!), um Fusquinha 77 todo original, um Golf GTI de 290 cv e mais no GT40

Dalmo Hernandes