A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

Citroën 2CV: como nasceu o carro que motorizou a França

"Quanto mais pelado o carro, menos coisa para quebrar!" é um mantra bem humorado de quem tem um carro barato, equipado apenas com o básico para dirigir – quando muito, vidros elétricos, direção hidráulica e ar-condicionado. Ou ao menos um dos três. E também era esta a filosofia da Citroën na hora de criar o lendário 2CV, seu primeiro popular, e o carro que motorizou a França após a Segunda Guerra Mundial. Só que o 2CV não apenas motorizou a França após a Segunda Guerra Mundial. Antes mesmo de começar a ser produzido ele já era um projeto antigo, que resistiu à própria guerra e ao escrutínio dos oficiais nazistas. E isto só foi possível porque seus criadores não foram engenhosos apenas na hora de projetá-lo, mas também na hora de escondê-lo. Na verdade, pode-se dizer que a história do Citroën 2CV é uma história de renascimento em vários aspectos – incluindo o renascimento da própria Citroën. A empresa francesa fundada por André Citroën estava para fechar as

Matérias relacionadas

The Lauda Legacy: como um homem e seu carro podem mudar a história do automobilismo – e de uma vida

Leonardo Contesini

Spirit of Ecstasy: a história do icônico ornamento de capô dos Rolls-Royce

Dalmo Hernandes

Quando a Ford tentou fazer um Fiesta com motor de dois tempos

Dalmo Hernandes