A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Pensatas

Como a legislação projeta o seu carro

Olhando para trás nos meus quase 30 anos trabalhando como engenheiro automobilístico, posso ver claramente onde está meu melhor momento. Não foi uma promoção, aumento de salário, nem nenhum prêmio. Esses existiram claro, mas não significam nada hoje. Bem como estagnação, isolamento, e exílio profissional que também aconteceram; todo mundo que só conta seus sucessos está omitindo alguma coisa. Normalmente, muita coisa. Não, um engenheiro se orgulha não por sucesso financeiro ou hierárquico. Engenheiro se motiva por ter criado algo a partir do nada, e, se tiver sorte, algo pelo que se possa orgulhar. A maioria das coisas que criei não valem o espaço em disco rígido que ocupam, não tenho pudor nenhum em dizer. Mas eu sinceramente me orgulho de um projeto de caminhão leve que participei no meio dos anos 2000. Era responsável por toda cabine e acabamento, de cabo a rabo, de painel de instrumentos e bancos até cabine bruta e pintura. Um trabalho hercúleo, imenso, desgastante, frustrante

Matérias relacionadas

Você aceitaria pagar mais impostos por ruas e rodovias melhores?

Leonardo Contesini

Mazda: a esperança de um futuro melhor

Por que o Fiat Uno merece todo o seu respeito

Dalmo Hernandes