FlatOut!
Image default
Automobilismo

GP dos EUA de 2005: a corrida que quase ninguém disputou | Lendas da Fórmula 1


Era uma vez, no distante ano de 2005, uma Fórmula 1 na qual os carros cantavam alto com seus motores V10 e os pilotos não eram punidos por desalinhar o cabelo do rival. Nessa época além da competição entre equipes, pilotos e motores, também havia uma disputa entre os fabricantes de pneus porque havia dois fornecedores em vez de apenas um como atualmente. Por um lado, isso ajudava a aumentar as diferenças entre os carros — especialmente em uma época em que a aerodinâmica fala mais alto. Mas... ao mesmo tempo isso resultou em um dos episódios mais decepcionantes da Fórmula 1 recente: o GP dos EUA de 2005 no circuito misto de Indianapolis. Dos 20 carros que deveriam correr a prova, somente seis alinharam para a largada: os dois carros da Jordan, os dois da Minardi e os dois da Ferrari. Os outros 14 foram orientados por sua fornecedora de pneus, a Michelin, a não disputar a prova por questões de segurança e assim fizeram.   Um novo mundial A temporada de 2005 começou com Fernando