A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Automobilismo História Zero a 300

Como Dan Gurney se tornou o segundo piloto a vencer um GP de F1 com um carro feito por ele mesmo

Alguns dias atrás, decidimos fazer justiça e falar um pouco mais sobre um dos ícones mais injustiçados da história do automobilismo: Dan Gurney. Não porque o simpático senhor de 86 anos não seja respeitado e cultuado, mas sim porque ele não é tão respeitado e cultuado como deveria, diante de tantas conquistas que o americano colecionou ao longo de sua vasta carreira. Alguns deles, verdade seja dita, já foram cobertos indiretamente aqui no FlatOut, como seu envolvimento no projeto do Ford GT40 e a "invenção" do banho de champagne. No post mais recente a seu respeito, contamos como Dan Gurney foi um dos maiores responsáveis pela adoção do capacete fechado no automobilismo. Agora, vamos falar um pouco mais sobre aquela época, quando Dan Gurney competia com sua própria equipe, ajudou a projetar seu próprio carro e ainda venceu uma corrida com ele, tornando-se um dos três pilotos no mundo inteiro a fazê-lo. Jack Brabham e Dan Gurney, 1964 Os outros dois foram Jack Brabham, que c

Matérias relacionadas

A morte de Justin Wilson na Indy, multas em 2015 já superam 2014 em SP, Hellcat flagrado no Brasil, Magnus Walker bate seu Porsche e mais!

Leonardo Contesini

La Sarthe, 1976: quando dois carros da Nascar correram nas 24 Horas de Le Mans

Dalmo Hernandes

Rent a racer: a história do Shelby GT350-H, o melhor muscle car de aluguel do mundo

Dalmo Hernandes