A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

Como o Boxster salvou a Porsche da falência e a transformou em uma das maiores do mundo

Era 1996 e, acredite se quiser, a Porsche estava para falir. Sim, a companhia que hoje é a mais lucrativa do planeta, que criou um dos supercarros mais velozes e avançados do planeta, o 918 Spyder; que venceu as 24 Horas de Le Mans de 2015 com um protótipo híbrido e trouxe de volta a glória nas pistas nas décadas de 1970, 1980 e 1990; e que hoje pode se dar ao luxo de lançar uma edição especial exatamente do jeito que os fãs querem, o 911 R com a certeza de que se todas as unidades se esgotarão em questão de semanas ou até mesmo dias, ia fechar as portas. Isto seria bem ruim, e talvez o mundo automotivo até fosse diferente caso a Porsche estivesse extinta. Para começar, o primeiro 911 com motor de arrefecimento líquido nem teria aparecido. O 993 teria sido o último da linhagem, a Subaru reinaria sozinha como a última a apostar nos motores boxer. Acontece que o 993 já estava quase passando do limite quando o assunto era longevidade de uma plataforma: apesar de todas as modificaçõ

Matérias relacionadas

Shelby GT350: a história do primeiro Mustang preparado de fábrica

Dalmo Hernandes

Rádio-controlados: grandes pilotos e seus modelos de controle remoto

Leonardo Contesini

XX Encontro Paulista de Autos Antigos: acelere em nossa mega galeria do evento!

Juliano Barata