A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Notícias

Assustador: este carro recebeu zero estrela no crash test do Global NCAP

“Datsun Go, FlatOut? Que carro é esse?” Que bom que perguntou. O Datsun Go foi lançado este ano e é a aposta da Nissan para o mercado indiano, além de ser o primeiro modelo da divisão desde 1986. Na Índia, ele custa o equivalente a pouco menos de R$ 18 mil, e não tem airbags ou freios ABS — o que por si já demonstra que ele não é exatamente seguro. Mas o negócio é mais sério: ele recebeu precisamente nenhuma estrela no teste de colisão do Global NCAP. Zero. Nada.

Em um momento em que a segurança dos automóveis, especialmente os ditos “populares”, é acompanhada mais do que nunca, é surpreendente ver um carro novo recebendo uma avaliação tão ruim: zero estrela na proteção para adultos e só duas estrelas para crianças no banco de trás. O vídeo do crash test a 64 km/h divulgado pela organização é impressionante — e só não é mais chocante pela falta de som.

O Datsun Go é baseado na plataforma do March e também compartilha alguns componentes do interior e o motor de 1,2 litros, três cilindros e 69 cv de algumas versões do carro na Europa e nos EUA. Contudo, sem airbags e freios anti-travamento, a segurança aos ocupantes caiu bastante — a ponto de o presidente do Global NCAP, Max Moseley, sugerir em uma carta enviada diretamente a Carlos Ghosn, presidente do grupo Renault-Nissan, que o Go deixe de ser vendido na Índia até ser reprojetado.

É extremamente decepcionante que a Nissan tenha autorizado o lançamento de um modelo totalmente novo que, claramente, está muito abaixo da média. Como apresentado no momento, o Datsun Go certamente será reprovado pelo regulamento das Nações Unidas para impactos frontais. Nestas circunstâncias, eu apelo para que a Nissan tire o Datsun Go do mercado indiano e reformule sua carroceria urgentemente.”

dat-sun (3)

O relatório da organização diz que a falta de airbags faz com que a cabeça do motorista faça contato direto com o volante e com o painel, e que as forças exercidas sobre os bonecos usados no teste causariam ferimentos gravíssimos e, possivelmente, fatais aos ocupantes de carne e osso. Contudo, como “a estrutura do veículo entrou em colapso”, a instalação de bolsas infláveis seria “redundante”.

dat-sun (2) dat-sun (1)

Quanto às declarações de Moseley, a Nissan se pronunciou dizendo que atende às normas de segurança vigentes na Índia.

Vale lembrar que não foi a primeira vez que um carro consegue a pior classificação possível em um teste de segurança tão importante: no início do ano, o Tata Nano, também comercializado principalmente na Índia, recebeu zero estrelas no quesito proteção para adultos e não teve a proteção para crianças avaliada, pois não foi possível instalar os assentos adequados. Em 2010, foi a vez do sedã Geely CK1 ficar sem estrelas no Latin NCAP.

 

 

Matérias relacionadas

Flagra! BMW M4 GTS aparece quase sem camuflagem nas proximidades de Nürburgring Nordschleife

Dalmo Hernandes

Mais leve, mais luxuoso, mas ainda off-roader: este é o novo Land Rover Discovery

Leonardo Contesini

Novos extintores de incêndio serão obrigatórios a partir de 2015. Saiba se você precisará trocar o seu

Leonardo Contesini