A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Avaliações

Dodge Durango Limited: aceleramos o bad boy V6 de oito marchas, sete lugares e tração 4×4

"Enorme" talvez ainda seja eufemismo para um veículo com entre-eixos 12 cm mais longo e 3 cm mais comprido que o maior Range Rover em produção, o Vogue. O Dodge Durango, com seus 5,01 m de comprimento, 1,92 m de largura, 1,80 m de altura e 3,04 m de entre-eixos, é um legítimo USS Nimitz, o famoso porta-aviões nuclear norte-americano. O SUV é produzido em Detroit, na fábrica de Jefferson North – a mesma do Jeep Grand Cherokee, com o qual ele compartilha a plataforma do tipo monobloco. Mais longo e luxuoso que o seu primo, o Durango apresenta foco mais urbano e um estilo mais malvado, condizente com os outros carros da marca, como o Charger e o Challenger. Por sinal, a campanha de lançamento do modelo nos EUA usou e abusou de veículos históricos, pois no ano passado a Dodge celebrou 100 anos de história. O carinha laranja – melhor dizendo, Go Mango – destas fotos é o Challenger T/A 340 1970, que foi criado pela Chrysler junto com o Plymouth Cuda AAR 340 em sua investida na c

Matérias relacionadas

Aceleramos o Mitsubishi ASX Outdoor: 4×4, câmbio manual e uma missão a cumprir

Juliano Barata

Dirigimos o Honda Civic 1997 zero km que a Honda do Brasil preserva a sete chaves!

Juliano Barata

Aceleramos: Volvo S60 Drive-E de 245 cv – a nova referência em sua faixa de preço?

Juliano Barata