A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Motos

Doritos em duas rodas: 10 motos com motor Wankel

A história do motor rotativo de Felix Wankel todo mundo conhece: um cientista nazista fascinado por válvulas e motores rotativos sai da prisão em 1947, e funda um pequeno laboratório de pesquisa em Lindau, às margens do Bodensee (Lago Constança).  É contratado para prestar consultoria à NSU de Neckarsulm, principalmente em válvulas rotativas para motores 4 tempos. Lá, convence a empresa a usar um eficiente e inovador compressor mecânico de seu desenho em motores de competição. A geometria do compressor era uma carcaça com o formato do número 8, mas bem alisado no meio. Dentro dele, girava excentricamente um triângulo ovalizado, suas três pontas sempre em contato com a carcaça. Aberturas laterais na carcaça admitiam ar atmosférico num ponto, e mais adiante expeliam ar comprimido. Era, na verdade, o motor Wankel como conhecemos, funcionando aqui como um compressor mecânico, um blower psicodélico alemão. Felix Wankel conseguiu, aos poucos, viabilizar seu novo motor de combustão in

Matérias relacionadas

“Mike the Bike”: o prodígio chamado Mike Hailwood | Lendas da MotoGP

Dalmo Hernandes

ML, Turuna, CB300 e Twister: a linhagem das pequenas esportivas da Honda

Dalmo Hernandes

Duas voltas ao mundo: a viagem de moto mais longa da história

Dalmo Hernandes