FlatOut!
Image default
Car Culture Zero a 300

Este Dodge Challenger Demon tem a carroceria toda em fibra de carbono – e um V8 biturbo de 1.400 cv!


Em 2017 a Dodge deixou todo mundo de boca aberta com o Challenger SRT Demon, um muscle car de arrancada legalizado para as ruas com um V8 supercharged de 6,2 litros e até 852 cv (usando combustível de competição), capaz de cumprir o quarto-de-milha em 9,6 segundos a 225 km/h se corretamente equipado.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

FLATOUTER

Plano de assinatura com todos os benefícios: acesso livre a todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site, participação no nosso grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!). Exponha ou anuncie até sete carros no GT40 e ainda ganhe descontos em oficinas e lojas parceiras*!

R$20,00 / mês

*Benefícios sujeitos ao único e exclusivo critério do FlatOut, bem como a eventual disponibilidade do parceiro. Todo e qualquer benefício poderá ser alterado ou extinto, sem que seja necessário qualquer aviso prévio.

CLÁSSICO

Plano de assinatura básico. Acesse todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site1, além de poder expor ou anunciar até três carros no GT402.

De R$14,90

por R$9,90 / mês

1Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em oficinas ou lojas parceiras.
2A quantidade de carros veiculados poderá ser alterada a qualquer momento pelo FlatOut, ao seu único e exclusivo critério.

Mas tem gente que acha pouco. Como os caras da preparadora norte-americana SpeedKore, de Grafton, Wisconsin, que está dando os toques finais em seu mais recente projeto: um Dodge Demon com carroceria feita totalmente de fibra de carbono e dois turbos no lugar do supercharged, a fim de reduzir peso e conseguir um pouco mais de potência.

Aliás, dissemos “um pouco”? Na verdade estamos falando de 1.420 cv (1.400 hp) no motor. Ou quase 570 cv a mais do que o Demon originalmente entrega. É o suficiente para você? A potência nas rodas, aferida em dinamômetro, foi de 1.219 cv (1.203 hp).

demon7 demon6 demon5 demon4

De acordo com a SpeedKore, seu Dodge Demon é o primeiro a receber um sistema biturbo no lugar do compressor mecânico – um par de Precision 6875 T4, com turbinas roletadas, que ficam montados do para-choque dianteiro. O sistema de escape foi reposicionado com as saídas nas laterais do para-choque.

43879412_2366793176883639_723111384128159744_n demon3

De acordo com a SpeedKore, o objetivo é simples: montar o Dodge Challenger SRT Demon mais rápido do planeta. Ao que tudo indica, eles conseguiram: nesta semana, durante os testes do carro em pista, o Demon biturbo virou 8,77 segundos a 259 km/h com a piloto Leah Pritchett, que compete com dragster Top Fuel, ao volante. A DiabloSport, empresa especializada em reprogramações eletrônicas e sistemas de injeção que forneceu alguns componentes para o Demon da SpeedKore, postou o vídeo da puxada no Instagram.


Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por DiabloSport LLC (@diablosportllc) em

Leah Pritchett, que também atuou como fiscal da NHRA durante os testes, confirmou que o tempo faz do carro da SpeedKore o Dodge Demon mais rápido do mundo no quarto-de-milha, até agora. E mais: a puxada anterior, na qual o carro cumpriu os 402 metros em 8,81 segundos a 261 km/h minutos antes, já havia quebrado este recorde.


Visualizar esta foto no Instagram.Uma publicação compartilhada por DiabloSport LLC (@diablosportllc) em

A SpeedKore não deu mais detalhes da preparação mecânica, provavelmente os reservando para o SEMA, que acontecerá entre os dias 30 de outubro e 2 de novembro.

Quanto ao visual, o carro permanece bastante parecido com o original – exceto, é claro, pela textura da fibra de carbono, que recebeu acabamento em verniz acetinado transparente e pelas travas externas do capô. Segundo a SpeedKore, todos os painéis da carroceria, além dos para-choques e outros detalhes de acabamento, foram fabricados pela própria companhia.

demon10 demon11

Certamente algumas centenas de quilos foram enxugados com a nova carroceria – o número exato não foi revelado, mas podemos ter uma ideia.

demon1

Especializada na fabricação de painéis em fibra de carbono, a SpeedKore já realizou a conversão em outros pony cars, como o Shelby GT350R – que perdeu pelo menos 180 kg em relação ao original, de acordo com a companhia, que diz por exemplo que seus para-lamas de fibra de carbono costumam pesar menos de 1,8 kg. É possível que o alívio de peso no Demon seja ainda maior, considerando que o Dodge é naturalmente mais pesado – o Shelby GT350R ainda utiliza originalmente componentes de alumínio na carroceria, enquanto o Challenger SRT Demon é todo feito de aço.

SpeedKore-SK10-Mustang-6-1 SpeedKore-SK10-Mustang-Carbon-Fiber-Ford-Mustang-Custom-Car-Builder-Carbon-Fiber-Ford-Mustang-SK10-4

Os caras da SpeedKore ainda vão levar ao menos outros dois carros ao SEMA 2018: além do próprio Ford Mustang Shelby GT350R, o estande da companhia no evento receberá o Dodge Charger Evolution – que, como o próprio nome diz, é uma evolução do projeto Tantrum, que mostramos aqui mesmo em 2015.

Dn5B0nkVAAA_VQH

Para quem não está lembrado, trata-se de um exemplar de 1970 do Charger que recebeu carroceria e interior reprojetados e recosntruídos em fibra de carbono, com direito a peças usinadas em billet de alumínio e um V8 de nove litros com comando duplo nos cabeçotes, dois turbos e 1.670 cv. A SpeedKore diz que conseguiu reduzir o peso original do Challenger em mais de 400 kg em relação ao peso de fábrica – que ficava na ordem dos 1.500 kg.

Este Uno 1.5R pode ser seu!

Participe!

Clique aqui e veja como

Compartilhe agora