A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Top

Estes carros assimétricos mostram que duas metades nem sempre são iguais

Pense rápido: além dos elementos básicos (rodas, faróis, volante, instrumentação, motor, transmissão, etc.), o que é que quase todos os carros têm em comum? Talvez exista outra resposta, mas a que queremos é a seguinte: simetria bilateral. Via de regra, os elementos de design mais importantes de um automóvel, do lado direito e do lado esquerdo de um carro, vistos de fora, são espelhados. Mas, como se diz com frequência, toda regra tem sua exceção – ou suas exceções. E esta não é diferente: a maioria dos carros é simétrica, mas nem todos o são. E é dos carros assimétricos que vamos falar hoje. É possível que ao ler "carros assimétricos" na linha anterior, você tenha visualizado mentalmente alguns modelos. O Hyundai Veloster, por exemplo, é um exemplo de carro assimétrico no sentido de que há apenas uma porta do lado do motorista e duas portas do lado dos passageiros. Mas o Veloster não é um bom exemplo de

Matérias relacionadas

Peter North (sim, aquele Peter North) é entusiasta de verdade e tem uma bela garagem

Dalmo Hernandes

As melhores propagandas de carros já feitas no Brasil – parte 1

Dalmo Hernandes

Governo cancela instalação de 8.000 radares, T-Cross e Yaris vão bem no NCAP, o interior do novo Prisma e mais!