A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

Fast five: a história do clássico motor cinco-cilindros da Audi

Em 1976, a Audi colocava no mercado seu primeiro carro com motor de cinco cilindros em linha. Estamos em 2016, o que significa que faz 40 anos que você pode comprar um carro das quatro argolas com o desempenho de um seis-cilindros e o consumo de um quatro-cilindros. Ou ao menos é o que dizem. Nada mais justo que contar aqui sua história – e aproveitar para esclarecer algumas dúvidas a respeito do emblemático motor, não é? Se você é do tipo que aprecia um carro excêntrico ou incomum, certamente só o fato de ficar entre os quatro-cilindros e seis-em-linha, muito mais comuns, os motores de cinco cilindros em linha já são fascinantes. A ideia da Audi era ter um motor de maior capacidade que os quatro-cilindros utilizados pelo Grupo Volkswagen na época, porém em um pacote menor que o dos seis-em-linha de suas rivais Mercedes-Benz e BMW. Um motor de cinco cilindros também permitiria a instalação em posição transversal, mais comum para os carros de tração dianteira. O departamento de mark

Matérias relacionadas

Estas frases foram realmente ditas ou foram inventadas?

Leonardo Contesini

Lavida, Magotan e Jetta que não é Jetta: tentando explicar a confusa linha da Volkswagen na China

Dalmo Hernandes

Por que não temos carros de passeio movidos a diesel no Brasil?

Leonardo Contesini