A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Fechamento do Autódromo de Curitiba é adiado, Subaru irá produzir perua STI, os novos detalhes do BMW Z5/ToyotaSupra e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Fechamento do Autódromo de Curitiba foi adiado para dezembro

fechamento_AIC_CR

Não é novidade que o Autódromo de Curitiba (AIC) está com os dias contados. No ano passado, os proprietários do autódromo foram procurados novamente por incorporadoras interessadas na compra do terreno do autódromo, e acabaram fechando o acordo de venda. A história é um pouco mais detalhada que isso, mas nós já a contamos neste post.

Em novembro veio a confirmação da venda e em janeiro deste ano, a confirmação do calendário, que mantinha atividades previstas somente até julho, quando ele seria fechado e os novos proprietários iniciariam a demolição das arquibancadas e do kartódromo.

Mas agora uma nota publicada no site oficial do autódromo e assinada pelo presidente do AIC, Jauvenal de Oms, conta que o circuito poderá ser utilizado ao menos até dezembro deste ano. O adiamento certamente se deve ao prolongamento da etapa burocrática do novo empreendimento que será construído no local. Segundo a nota, que chegou a nós pelo site Curitiba Racing, os responsáveis pelo empreendimento estão estudando uma forma de manter a pista como parte do condomínio que será construído no local.

 

Subaru irá produzir Levorg STi

2017-subaru-levorg-sti-1

Lembra daquela perua conceitual feita pela STi que mostramos aqui mesmo no Zero a 300 no começo do ano? Pois ela será deixará de ser um conceito e se tornará um modelo de produção, conforme este vídeo publicado pela Subaru nesta semana.

wksprw71ajuod3mqodns

O vídeo mostra apenas um teaser com os farois de LED e o emblema STi na grade, mas ele não será muito diferente do conceito apresentado no começo do ano, visto nestas fotos.

sl3vqayik7ho01dsxzl3

Ainda não  há detalhes, mas espera-se que ele seja equipado com novos para-choques, grade e saias laterais exclusivos, capô e retrovisores de fibra de carbono e rodas BBS de 19 polegadas com pneus 245/35 Michelin. Por dentro ele deverá ter bancos concha de Alcantara, volante com base plana, pedais de alumínio, detalhes em vermelho e partida por botão.

O motor ainda não está definido: enquanto o conceito usa o 2.0 turbo com injeção direta do WRX, a versão de produção poderá adotar o 2.5 turbo de 305 cv do WRX STi. Para controlar o ímpeto esportivo, a suspensão também será recalibrada. O lançamento está anunciado para o verão japonês, ou seja, entre junho e agosto deste ano.

 

Novos detalhes do esportivo BMW-Toyota

2017-BMW-Z5-Roadster-5

Há cerca de três anos a BMW e a Toyota juntaram-se para desenvolver em parceria uma nova plataforma para um novo esportivo que será vendido pelas duas marcas — um formato semelhante ao da parceria da Toyota com a Subaru, que resultou no GT 86, FR-S e BRZ. Até agora, o que se sabe é que o modelo BMW deverá se chamar Z5 e será o sucessor do Z4. Já o Toyota poderá ser o aguardado sucessor do Supra, que saiu de linha em 2002 sem deixar um substituto.

Agora, o jornal austríaco Kleine Zeitung noticia que os dois modelos começarão a ser produzidos em 2018 pela Magna Steyr, que deverá completar 60.000 unidades por ano. Considerando que o início da produção está programado para 2018, é provável que os modelos sejam apresentados em algum momento de 2017. Até agora o único modelo que foi flagrado em testes foi o Z5 em versão roadster com teto de tecido, mas a marca alemã deverá lançar também uma versão cupê do modelo, como foi com o Z3 e o Z4.

toyota-FT-1-abre

Como dissemos anteriormente, pouco se sabe sobre os carros. Eles deverão ter motor BMW (o que pode indicar um Supra seis-em-linha turbo, como nos anos 1990) e uma versão híbrida com powertrain da Toyota. Além disso, apesar da plataforma compartilhada, o design será diferente nos dois carros.

 

Fiat 500 Abarth ganha cara nova e nova linha de modelos

Captura de Tela 2016-05-13 às 12.49.28

A Fiat Chrysler lançou a nova linha Abarth 595 do Fiat 500, que agora reune os modelos Abarth 500 e, além do novo visual, também deu a eles um ganho de 5 cv e um novo diferencial de deslizamento limitado.

A linha Abarth 500 agora traz o modelo 595, com um 1.4 turbo de 143 cv e 20,9 mkgf. Logo acima dele fica o 595 Turismo, que produz 163 cv e 23,4 mkgf, enquanto no topo da linha está o 595 Competizione, com o motor 1.4 turbo de 178 cv com sistema de escape Record Monza, e será capaz de acelerar de zero a 100 km/h em 6,7 segundos. Ele também terá um diferencial de deslizamento limitado como parte do pacote Performance, com rodas Supersport de 17 polegadas e bancos de couro e Alcantara da Sabelt com estrutura de fibra de carbono.

Captura de Tela 2016-05-13 às 12.49.33

Todos os modelos 595 terão modo Sport, que altera o mapeamento do motor e peso da direção, além de câmbio manual de cinco marchas. O câmbio automatizado com borboletas no volante como opcional. Todos também podem ser comprados na versão conversível.

 

Nova geração do Audi A8 flagrada em testes

2018-audi-a8-spy-photo-1

Logo após a Audi anunciar que a nova geração do A8 será lançada em 2017, o modelo foi flagrado pelo site Motor1 durante testes na Áustria e no sul da Alemanha. Esta é a primeira vez que o novo A8 aparece com sua carroceria própria, que foi inspirada no conceito Audi Prologue.

Mesmo com a camuflagem é possível ver que o novo design será significativamente diferente da atual geração, com a carroceria ligeiramente mais longa e o teto um pouco mais baixo. Além disso, ele também deverá ser mais leve com a nova plataforma. Na dianteira ele traz uma grade hexagonal diferente da usada pelos modelos menores como o A1, A3 e A4. Com isso, os faróis também têm um padrão estético diferente, bem como as lanternas traseiras.

2018-audi-a8-spy-photo-2

Por dentro ele terá o painel de instrumentos digital “Virtual Cockpit” combinado ao sistema multimídia MMI com controles por gestos e tela OLED. Quanto à motorização, o A8 terá o novo W12 6.0 biturbo que já é usado pelo Bentley Bentayga com 608 cv e 91,6 mkgf. Também é provável que ele adote o motor 4.0 V8 TDI a diesel, já usado pelo SQ7 com 441 cv e 91,6 mkgf. A estreia deve acontecer em março do ano que vem no Salão de Genebra.

Matérias relacionadas

Hidrazina: o aditivo mais perigoso já usado nas pistas

Rodrigo Passos

F50 GT: a Ferrari de corrida com motor V12 de 760 cv que jamais competiu

Dalmo Hernandes

Ferrari FXX K Evoluzione já em testes, Lamborghini quer ter o SUV mais rápido em Nürburgring, Porsche pode comprar Red Bull Racing e mais!

Leonardo Contesini