A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

Fordlândia: a história da cidade utópica que Henry Ford construiu na Amazônia

No começo do século XX, as linhas de produção de Henry Ford construiam carros a uma velocidade jamais vista. Todos aqueles carros precisavam de pneus, e na época a borracha ainda era derivada das seringueiras do Sudeste Asiático. Para manter a eficiência de sua produção sem depender dos asiáticos, Ford decidiu ter sua própria produção de látex, e para isso construiu uma cidade tipicamente americana em plena Amazônia, batizada de Fordlândia. A história de Fordlândia começou em 1927, quando Henry Ford adquiriu um terreno de quase 15.000 km² às margens do Rio Tapajós, no Pará. Anos antes, o departamento de comércio dos EUA haviam feito um estudo de viabilidade de cultivo de seringueiras no Brasil com resultados positivos. Sabendo disso o produtor rural Jorge Dumont Villares, conseguiu com o governador Dionísio Bentes uma concessão de uma grande porção de terra para cultivar seringueiras. Tudo de graça. Quando soube que Henry Ford procurava uma região para sua cidade no Bra

Matérias relacionadas

Bizzarrini Manta: a história do primeiro (e desconhecido) supercarro em forma de cunha

Dalmo Hernandes

Lonestar Cobra III: o superesportivo perdido de Carroll Shelby ressurge em Amelia Island

Dalmo Hernandes

A história do Miura, o Lamborghini que inventou o supercarro moderno

Dalmo Hernandes