FlatOut!
Image default
Car Culture

França vai usar microfones para multar pelo ronco, o Volkswagen Nivus feito para a Europa, Mercedes-AMG comemora 50 anos com novos “Red Pigs” e mais


Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco!

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

França vai usar microfones para multar pelo ronco

As autoridades francesas começaram a testar uma nova forma de fiscalização nas ruas de Paris – que notoriamente vem se destacando como uma das principais metrópoles “anti-carro” do mundo, vale lembrar. Segundo a publicação sueca Teknikens Värld, a capital da França contará com 40 “sensores sonoros” instalados em pontos estratégicos da cidade.

Os sensores contam com quatro microfones direcionais que conseguem não apenas detectar a intensidade (o volume) do ronco emitido pelos carros, mas também identificar exatamente de onde vem o som. Com isso, caso o ronco ultrapasse o limite de 74 decibéis, uma câmera é ativada para filmar o veículo e, exatamente como em uma infração de velocidade, emitir a multa.

O sistema será testado em Paris por dois anos, e depois se espalhará para outras cidades grandes da França, como Nice e Lyon. Antes disso, porém, ainda será preciso realizar alguns ajustes finos – que serão feitos nos próximos seis meses.

Este é o Volkswagen Taigo, o Nivus europeu

 

Mais uma vez a Volkswagen terá um carro brasileiro à venda na Europa – o crossover Nivus, derivado do Polo que, no Velho Mundo, se chamará Taigo. Ele será fabricado na Espanha para abastecer toda a Europa, diferentemente do Volkswagen Fox, que era fabricado no Brasil e exportado para o outro lado do Atlântico.

Anunciado há cerca de três meses, o VW Taigo agora é revelado por completo. E ele tem algumas diferenças interessantes em relação ao Nivus, demonstrando todo o potencial do crossover. Leia-se: ele é mais potente e melhor equipado que a versão brasileira.

Para começar, ele tem três opções de motor: o 1.0 turbo TSI de 95 cv (algo que só faz sentido na Europa), o 1.0 TSI de 110 cv, e o 1.5 TSI de 150 cv – que ainda não temos por aqui. O motor de 95 cv só pode ser acoplado a uma caixa manual de cinco marchas, mas os outros dois podem ter câmbio automático de seis marchas ou de dupla embreagem e sete marchas. No Brasil, para comparação, o Nivus é vendido apenas com motor 1.0 TSI flex de 128 cv (etanol) e câmbio automático de seis marchas.

O Volkswagen Taigo também tem desenho exclusivo no para-choque dianteiro, a grade tem barras de LED que dão continuidade aos elementos internos dos faróis (para um efeito estético bem interessante, diga-se), para-choque dianteiro com difusor nas versões mais potentes e revestimentos internos exclusivos para a Europa.

As versões são quatro: Taigo, Life, Style e R-Line – sendo que mesmo a mais barata vem com painel digital de oito polegadas e central multimídia com tela colorida de 6,5 polegadas, além de assistências à condução como detector de colisão frontal e assistente de mudança de faixa. Opcionalmente, há um sistema semi-autônomo com cruise control adaptativo, reconhecimento de sinais e alerta de saída de faixa. Além disso, pode-se comprar o Taigo com o painel Digital Cockpit Pro, que troca a tela de oito polegadas por uma maior, de 10,25 polegadas.

Mercedes-AMG comemora 50 anos com novos “Red Pigs”

O Mercedes-Benz “Red Pig”, um 300 SEL 6.8 de corrida com pintura vermelha que terminou as 24 Horas de Spa de 1971 em segundo lugar, foi o primeiro carro de competição da AMG. Agora, 50 anos depois, a divisão esportiva da AMG comemora meio século de existência com novos “Red Pigs”.

Mesmo que o Red Pig não tenha vencido uma corrida, o fato de um sedã de luxo grandalhão ter se saído tão bem contra carros muito menores e mais apropriados para uma prova de 24 horas em Spa-Francorchamps é motivo de orgulho para a AMG – e com razão. É por isso que agora três novos Mercedes-AMG receberam a pintura vermelha clássica.

Os carros são um Mercedes-AMG GT3 atual, um Mercedes-AMG GT3 de 2016,  um Mercedes-Benz SLS AMG GT3. O primeiro é, por assim dizer, o mais comum dos três – afinal, ele ainda está sendo produzido. O carro de 2016, por sua vez, é o de chassi nº 100, que foi procurado e encontrado só para receber o tratamento especial.

Já o SLS AMG GT3 é realmente algo único – trata-se da última carroceria que a AMG tinha em Affalterbach. É como se ela tivesse sido guardada só para a ocasião.

Os três carros serão vendidos através do programa de carros de corrida para clientes da AMG. E eles até já têm preço: o SLS custa €650.000 (R$ 3,9 milhões em conversão direta, julho de 2021); o AMG GT3 2016 sai por €575.000 (R$ 3,45 milhões) e o AMG GT3 atual, por €500.000 (R$ 3 milhões). Os três serão expostos nas 24 Horas de Spa desse ano, que vão começar no próximo sábado (31).

Renault Duster Oroch deve receber seu primeiro facelift em breve

A Renault, enfim, dará atenção à Duster Oroch. Única rival de verdade para a Toro – e lançada semanas antes dela em 2016 –, a picape intermediária monobloco baseada no SUV Duster jamais chegou perto de ameaçar o prodígio da Fiat, apesar de ser um projeto interessante e com a mesma proposta.

Agora, se você acha que a Oroch enfim vai chegar à segunda geração da mesma forma que o Duster, prepare-se para ficar levemente decepcionado. Pelo que se vê nos flagras mais recentes, publicados no Instagram pelo perfil @mentirasautomotivas, o facelift será bastante discreto.

As fotos mostram a dianteira e parte da lateral  escondidos sob camuflagem. A parte frontal tem tudo para seguir o estilo do Duster indiano, que ainda está na primeira geração, com uma grade maior, de três filetes, e que vai até mais perto da placa. Fala-se em possíveis mudanças nas lanternas, mas até agora não há informações concretas nesse sentido.

As mudanças, mesmo que pequenas, serão as primeiras que a Duster Oroch vai receber em cinco anos de mercado.

 

Toyota GR86 Gazoo Concept mostra o potencial do esportivo mais uma vez

A Toyota está mesmo empenhada em gerar buzz ao redor do novo GR86, segunda geração de seu esportivo desenvolvido em conjunto com a Subaru. A novidade da vez é o conceito Gazoo Concept, que traz uma série de componentes aerodinâmicos bem interessantes e parece pronto para virar tempo na pista.

O carro recebeu alargadores nada discretos nos para-lamas, capô mais volumoso e com saídas de ar, para-choques de desenho mais agressivo e uma asa traseira bem grande, fixada diretamente no spoiler da tampa traseira, e detalhes de fibra de carbono espalhados por todo o veículo.

As rodas são novas, de 19 polegadas, calçadas com pneus Bridgestone Potenza – e abrigam freios maiores com pinças vermelhas.

Como já é costume da Gazoo Racing, é bem provável que esses componentes acabem se tornando parte do catálogo de peças para o GR86. Agora só falta colocar o carro nas lojas e esperar os entusiastas formarem fila para garantir seu exemplar daquele que pode ser um dos últimos esportivos à moda antiga da história.

Este Uno 1.5R pode ser seu!

Participe!

Clique aqui e veja como

Compartilhe agora