A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Sessão da manhã Vídeo Vídeos

Furious Outlaws: Magnus Walker e Sung Kang trocam de carro em uma estrada nas montanhas

Magnus Walker e Sung Kang estão entre os caras mais comentados pelos entusiastas nos últimos tempos. O primeiro ganhou popularidade na era das redes sociais, que cobrem a todo instante sua coleção de Porsche e seus project cars baseados no 911. O segundo, famoso por interpretar Han Lue na franquia “Velozes e Furiosos”, revelou-se um entusiasta de mão cheia depois que, em questão de meses, apresentou e mostrou o desenvolvimento de dois belos projetos em suas redes sociais: o Datsun 240Z “FuguZ” e o Ford Maverick Underdog, ou U3.

Ambos são ícones da geração entusiasta atual, que se espalha pelo mundo todo através da internet: o mesmo lugar que abriga rivalidades ferozes, mas também permite que tendências e referências automotivas sejam compartilhadas ao redor do globo. Portanto, nada mais natural do que promover um encontro entre os dois – e, claro, entre seus carros!

13118229_867239663422503_113194097_n

Magnus Walker, que há um ano perdeu sua esposa, parece viver desde então em uma peregrinação para pregar a palavra entusiasta onde quer que possa. Segundo o próprio, sua força veio da paixão pelos carros. Ele podia passar o resto da vida isolado, desconectar-se e curtir seus carros de forma reservada, mas decidiu seguir com o que lhe fazia feliz. Parece que tem dado certo.

Desta vez, porém, ele decidiu ficar na Califórnia para receber Sung Kang e o FuguZ, e levá-lo para acelerar seu Porsche 911 277 pela famosa rodovia de Angeles Crest Highway – estrada nas montanhas que é um belo lembrete de que nem só de retões no deserto consistem as estradas americanas. Depois, cada um deles daria sua opinião sobre o carro do outro.

O vídeo resultante do encontro foi feito pelos caras do eGarage, o que garante o capricho na produção. Se você só quer ver dois belo carros em uma bela paisagem e ouvir o ronco do motores, dê o play e não vai se arrepender.

Como você deve lembrar, o Porsche 911 277 de Magnus Walker é um exemplar de 1971 que já passou por muita coisa nesta vida e é, em essência, seu faz-tudo: com ele, Magnus vai para a pista, participa de eventos, posa para fotos e dá rolês por Los Angeles, onde fica seu estúdio/showroom/galpão (que, por acaso, também é onde ele mora). O último acontecimento na história do carro foi um acidente durante um encontro, no qual Magnus destruiu a lateral do Porsche em seu próprio trailer ao desviar de um Mercedes-Benz 280SL Pagoda (W113). Ele perdeu o controle da maneira típica: aliviou o acelerador e o carro saiu de traseira.

magnus-277 (4)

Foto: dutchmanphotos/Flickr

Talvez por isso Magnus tenha gostado de acelerar um carro de motor dianteiro desta vez. O FuguZ é equipado com um seis-em-linha RB26 naturalmente aspirado, capaz de girar a 9.000 rpm e produzir cerca de 300 cv. A transmissão é manual, claro, e a tração é traseira. Como Sung Kang observa, na prática é um carro novo: teve o monobloco refeito e todos os seus componentes mecânicos são zero-quilômetro ou originais recondicionados. É diferente do 911 277, que já teve diversas configurações mecânicas e já teve seu acerto revisto inúmeras vezes. É um carro que já foi moldado pelo tempo.

Com isto, Kang teve a chance de receber feedback de um de seus ídolos para seu projeto. Magnus diz que, ainda que fundamentalmente diferentes, ambos os carros são mecânicos, envolventes e puristas, feitos de forma a amplificar a experiência de dirigir. E, conhecendo o trajeto percorrido, Magnus pode levar o carro perto do limite, elogiando seu acerto.

CrC1fpTUsAAPt8v

Sung Kang acompanha o trabalho de Magnus há anos e diz que o britânico naturalizado americano é uma de suas inspirações. No entanto, sendo menos experiente ao volante, ele preferiu não levar o 911 277 além do que sua habilidade permitiria. Ainda mais sabendo que, com o peso concentrado na traseira, o nine-eleven é um carro arisco por natureza. Sem falar que, sendo um carro antigo, sem qualquer tipo de assistência eletrônica e equipado com um flat-six de 2,6 litros, 220 cv e 8.000 rpm, a chance de fazer alguma besteira é maior.

socialfeed.info-today-is-going-to-be-a-great-one-furiousoutlaw-magnuswalker-fuguz

No fim das contas, devemos dizer que ficaríamos felizes com a chance de acelerar qualquer um dos dois carros. E, na boa, seria bacana ver Walker e Kang colaborando em algum projeto, não seria?

Matérias relacionadas

Nissan desenvolve motor de 40 kg e 400 cv para o “ex-DeltaWing”

Dalmo Hernandes

A língua do P: explicamos o confuso sistema de nomenclatura da Porsche

Leonardo Contesini

Jules Proto II 6×4: o protótipo mais esquisito que já correu no Rali Dakar

Dalmo Hernandes