FlatOut!
Image default
Notícias

Mercedes-AMG está preparando um super sedã de quatro portas com mais de 600 cv


No início deste ano vimos no Zero a 300 que a Mercedes quer explorar ao máximo a marca AMG. Na ocasião o chefão da Mercedes-AMG, Tobias Moers, disse que havia espaço para mais 10 modelos esportivos, pelo menos.

Desde então eles já lançaram o AMG GT R, o GT C Roadster, o novo E63 e o GLC Coupe — o que significa que ainda há espaço para mais seis modelos. Um deles pode ser um sedã esportivo desenvolvido pela AMG, em vez de ser baseado em algum dos modelos mais comportados da marca. De acordo com os britânicos da Autocar, a AMG está planejando este sedã de quatro portas como parte das comemorações de 50 anos da divisão.

Espera-se que ele seja apresentado no próximo ano como um dos conceitos Vision, que costumam se tornar modelos de produção. Como a maioria dos AMG atuais, ele será embalado pelo V8 4.0 biturbo (M176), terá mais de 600 cv e deverá se chamar GT4. O alvo é muito claro: Porsche Panamera e Bentley Continental.

O GT4 terá elementos de design do GT, porém será baseado em outra plataforma, o que já é esperado, uma vez que o GT usa uma plataforma específica para sua proposta esportiva, com motor central-dianteiro e câmbio traseiro (transeixo) e precisa se manter leve para encarar rivais baseados em plataformas leves de alumínio. Por isso, o GT4 (ou X290, como é chamado internamente) usará a plataforma MRA dos Classe S, E e C, com algumas modificações para redução de peso, como a adoção de alumínio e aço de alta resistência no assoalho e na estrutura do monobloco.

Mercedes-AMG-GT-four-door-renderings-2

Apesar de usar o mesmo motor V8 4.0 biturbo dos demais modelos AMG, a Mercedes poderá integrar o sistema elétrico de 48 volts que foi lançado no início desta semana com seu novo motor seis-em-linha. Com ele o V8 se beneficiaria do gerador integrado (ISG), que serve como recuperador de energia, sistema de partida e start-stop, além de fornecer 20 cv para auxiliar em arrancadas. O motor será afixado ao carro sobre coxins hidráulicos, que alteram a carga sob acelerações laterais e longitudinais mais elevadas, ajudando a manter o equilíbrio dinâmico do sedã.

Por último, espera-se que o supersedã use o sistema de tração integral 4Matic+, que estreou no E63 AMG e tem um “modo drift” que canaliza 100% da força do motor para as rodas traseiras.

Este Uno 1.5R pode ser seu!

Participe!

Clique aqui e veja como

Compartilhe agora