A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Top Zero a 300

Golf, Fiesta, Civic e Corolla: quando os carros compactos invadiram os EUA nos anos 70

Claro, tivemos por aqui os nossos carros de base norte-americana – Galaxie, Maverick, Dodge Dart, dentre outros. Mas sempre tive a impressão de que o mercado automotivo brasileiro é muito mais parecido o que se via na Europa do que nos Estados Unidos. Talvez por uma questão cultural, talvez por uma questão geográfica – afinal, nossas ruas são estreitas e a topografia costuma ser acidentada, como no velho continente. Não temos tantas avenidas e ruas largas como nos EUA, quanto menos rodovias de sete ou oito faixas e retas até sumirem do horizonte... Mas talvez o mais propício seja classificar o mercado brasileiro como "único" – além da mistura de carros importados tanto dos Estados Unidos quanto da Europa,  por dezesseis anos os carros importados foram proibidos por aqui, o que nos proporcionou uma boa seleção de carros feitos especialmente para o nosso País. Olhando para o passado, temos carros como o Chevrolet Opala, o Ford Corcel, o Vo

Matérias relacionadas

Os sedãs esportivos mais espetaculares já produzidos no mundo – parte 2

Dalmo Hernandes

O novo BMW M3 CS, mudanças no Renavam, o fim do Renault Fluence e mais!

Leonardo Contesini

Citigo-Go: um “Volkswagen Up” com motor 2.0 turbodiesel de 280 cv e tração 4Motion

Dalmo Hernandes