A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Avaliações

Golf GTE no Brasil: aceleramos o híbrido esportivo da Volkswagen

A conta não fechava. Se a Volkswagen fosse realmente lançar um Jetta GLI no Brasil, ele não poderia custar   o mesmo que o Golf GTI, afinal, apesar de ambos usarem o mesmo powertrain, o ícone esportivo é o hatchback, não o sedã. Havia um gap de preços muito estreito para que eles não acabassem tão próximos na tabela. Mesmo assim, o Jetta GLI foi lançado por R$ 145.000 — apenas R$ 6.500 abaixo do Golf GTI, que custava R$ 151.500, na época. Três meses depois a notícia do fim do Golf GTI trouxe o sentido que parecia faltar à estratégia da Volkswagen: o apelo do Jetta e o encolhimento dos hatches — mesmo os esportivos — aparentemente fizeram dele uma opção mais racional e com mais potencial de vendas que o GTI. E no lugar do hatchback, a Volkswagen preparou o Golf GTE, que tem pretensão esportiva e a função de apresentar a linha híbrida-elétrica da marca ao mercado brasileiro. A receita é conhecida: um motor potente em uma carroceria compacta e razoavelmente leve, um acer

Matérias relacionadas

Aceleramos a Oroch 1.6 e a 2.0: como se comporta a picape e quais as diferenças para o Duster?

Juliano Barata

Novo Mini Cooper S 2014 chega ao Brasil – e nós já aceleramos o rival do Golf GTI!

Juliano Barata

Aceleramos o Honda CR-V Touring 1.5 turbo de 190 cv: onde ele se encaixa no mercado atual?

Leonardo Contesini