FlatOut!
Image default
Car Culture

Hey, mate! A Austrália também tem sua “autobahn” sem limites de velocidade


Talvez você nunca tenha se dado conta disso, ou talvez não soubesse mesmo, mas por alguns anos da década passada a Austrália foi o último bastião dos muscle cars. Antes do Camaro voltar a ser produzido, antes do Mustang se tornar um esportivo com visual retrô e apelo mundial e quando o Dodge Challenger era apenas o nome de um clássico, os australianos ainda podiam comprar seus Ford FPV e Holden HSV, os descendentes diretos dos Falcon e Monaro dos anos 1970, sempre equipados com motores V8 sobrealimentados e com números escandalosos de potência. Isso provavelmente por que a Austrália é um reduto gearhead. Eles têm limites de velocidade de 130 km/h, uma rixa de torcidas quase futebolística na Bathurst 1000, têm campeonatos de burnout, têm uma das categorias de turismo mais insanas do planeta, picapes com potência e desempenho de supercarros e, caramba, até um partido político de entusiastas de automóveis. Como se não bastasse tudo isso, desde fevereiro do ano passado eles também tê