A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Hyundai Veloster terá versão veloz de verdade, BMW começa a mostrar novo Z4, Aston Martin fará shooting brake e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Hyundai Veloster terá versão veloster de verdade

hyundai-veloster-n-less-camo-4-1

A primeira geração do Hyundai Veloster prometia ser um esportivo interessante quando foi anunciado no Brasil, mas graças a uma pequena divergência de informações técnicas em seu material publicitário, o carro vendido por aqui tinha menos potência do que seu importador anunciava. Em vez dos razoáveis 140 cv do motor 1.6 com injeção direta, o Veloster tinha apenas 128 cv da versão do motor 1.6 Gamma com injeção no coletor. Some isso ao câmbio automático de seis marchas e você tem uma piada pronta: de Veloster ele só tinha o nome mesmo.

A Hyundai-CAOA chegou a aventar a importação da versão turbo, com 200 cv, mas isso nunca aconteceu e a memória que os brasileiros têm do Veloster é que ele era all-show, no go. Um cordeiro em pele de lobo.

hyundai-veloster-n-less-camo-7-1

Mas agora, graças à divisão N, a história do Veloster tem tudo para dar uma guinada de 180 graus: o modelo irá ganhar uma versão esportiva de verdade, com direito a motor turbo e acerto em Nürburgring Nordschleife.

Ele já vinha sendo flagrado em Nürburgring há algum tempo, mas agora o pessoal do CarPix topou com o carro com menos camuflagem, revelando mais de suas formas.

hyundai-veloster-n-less-camo-10-1

 

Ele continuará com seu perfil de “sapo sentado” e manterá o esquisito padrão de três portas, mas desta vez terá suspensão calibrada pelo mesmo cara que fez os BMW M (Albert Biermann, atual chefe da Hyundai N) e já podemos ver que terá um splitter frontal, um spoiler traseiro, difusor na traseira, duas saídas de escape, rodas grandes para acomodar freios mais potentes e, claro, um motor que faça o carro ser “veloster” de verdade.

Veloster4

A Hyundai não deu nenhuma dica sobre o que há embaixo do capô do Veloster N, mas com uma reputação a ser recuperada, apostaríamos em uma variação de até 300 cv no 2.0 turbo da divisão N. Talvez 275 cv na versão de entrada e 300 cv com o Performance Package. Você sabe, só para garantir que ele não será um i30 N inconveniente. Ainda que isso não aconteça, é certo que ele terá ao menos os 250 cv do irmão de quatro portas.

 

Novo BMW Z4 é exibido em teaser

20881928_10155700342222269_313956811325555880_n

Depois dos vazamentos de códigos de motor e câmbio da nova geração do Z4, a BMW decidiu divulgar a primeira imagem do carro em suas redes sociais. Ele ainda está apresentado na forma de conceito e é apenas um teaser — vá ser lacônica assim num quarto escuro, BMW! —, mas ao menos é alguma pista de como será o visual do novo roadster.

Se a versão de produção seguir a linha estética deste conceito, finalmente teremos um Z4 agressivo e imponente, com faróis incisivos (que dão aquela “cara de mau”), para-lamas largos e uma lateral bastante vincada, que deixa o carro mais encorpado que seu antecessor. A grade também será mais larga, bem próxima do estilo adotado no Série 8. Não ficou muito claro se as saliências no cockpit são apenas o encosto de cabeça dos bancos, ou se há santantônios integrados no deck traseiro.

Quanto aos motores, já dissemos neste post, mas vamos repetir por aqui: eles serão os mesmos 2.0 turbo e 3.0 turbo dos demais modelos da marca atualmente, nas versões 20i, 30i (2.0) e 40i (3.o).

Junto com a foto a BMW divulgou a data que o carro será apresentado — o conceito, não a versão de produção: 17 de agosto, em Pebble Beach, como de costume.

 

Aston Martin terá Vanquish Shooting Brake

vanquish-zagato-family-shooting-brake-01-1502831910

Enquanto o mundo discute um prazo para os carros elétricos, a Aston Martin se mantém fiel às velhas tradições que definem o prazer de guiar e a cultura automotiva como aprendemos a gostar. Depois de anunciar que pretende ser a última marca a oferecer um câmbio manual, e lançar uma versão Speedster do Vanquish Zagato ela agora prepara uma nova versão mais que especial do modelo: o Aston Martin Vanquish Zagato Shooting Brake. Como não idolatrar um fabricante como este?

Felizmente a produção da shooting brake será um pouco maior que a do Speedster: enquanto o modelo aberto terá apenas 25 exemplares, a versão shooting terá quase quatro vezes mais exemplares (modo de valorização ativado), com 99 unidades previstas.

Aston-Martin-Vanquish-Zagato-1

O Vanquish Zagato usa como base o Vanquish S, com seu V12 aspirado de 5,9 litros e 580 cv, combinado ao câmbio automático de oito marchas. A carroceria original é substituída por uma nova de fibra de carbono moldada pela Zagato, com direito ao teto em bolha dupla típico da encarroçadora italiana.

Infelizmente, tudo o que temos por enquanto é esta projeção do topo e esta foto acima da família completa, porém com a shooting coberta por um tecido vermelho. Mas vindo da Zagato e da Aston, você espera algo menos que estonteante?

 

Honda Fit terá cara nova e controle de estabilidade em 2018

Captura de Tela 2017-08-16 às 12.49.45

O Honda Fit brasileiro finalmente ganhará controle de tração (20 anos depois de seu antigo rival da década passada, o Mercedes Classe A — desculpem, eu precisava salientar isso) e um novo visual em sua linha 2018.

Segundo o camarada Marlos Ney Vidal do Autos Segredos, o modelo reestilizado já está sendo produzido na fábrica da Honda em Sumaré/SP, e será lançado ainda neste ano com um visual exclusivo para o mercado brasileiro, inspirado pelos modelos europeu e americano, mas não exatamente igual.

A reestilização ficará limitada aos para-choques, que terá uma nova grade em formato de colmeia, com um friso cromado no topo na dianteira, e apenas alguns vincos novos na traseira. Os faróis terão o mesmo formato, porém será rearranjado internamente e terá luzes diurnas de LED (DRL). Na traseira as lanternas serão de LED e o hatch terá um novo spoiler.

No lado de dentro nada muda, apenas uma nova central multimídia mais moderna e atualizada será oferecida como opcional. O motor também continuará o mesmo 1.5 de 116 cv combinado ao câmbio manual de cinco marchas ou CVT.

 

Jeremy Clarkson quase morreu de pneumonia

clarkson1603a

Desde meados de julho Jeremy Clarkson estava em férias na Itália e Espanha, compartilhando imagens paradisíacas e comentários ácidos sobre o país em forma de bota. Até que a sequência de tiros de sua metralhadora giratória foi interrompida por uma pneumonia. Não noticiamos aqui porque o fato tinha mais cara de fofoca que notícia relacionada ao mundo automotivo em si. Seria como eu explicar que não tivemos muitos posts em maio porque uma pedra resolveu se formar no meu rim esquerdo.

Mas agora em sua coluna no jornal britânico Daily Mail, Clarkson revelou que a pneumonia foi mais grave do que se pensava. O apresentador passou três noites tendo espasmos antes de resolver procurar um médico para descobrir o que estava acontecendo. Por isso, quando chegou ao hospital os exames indicaram que ele estava com um índice altíssimo de proteína C reativa. O médico chegou a alertar o apresentador de que, caso ele não seguisse suas recomendações estritamente, haveria um risco real de a doença se agravar a ponto de causar sua morte.

Felizmente Clarkson acabou internado e respondeu bem à medicação. Para não perder seu bom humor, ele disse que a pior parte da internação era o tédio. “Normalmente quando fico entediado eu bebo ou fumo, mas isso estava fora de cogitação na ocasião”.

Matérias relacionadas

Pinstriping: a arte de pintar carros e motos a mão com precisão cirúrgica

Dalmo Hernandes

A nova geração do Honda City, Volkswagen T-Sport flagrado em SP, o novo Lamborghini Vision Gran Turismo e mais!

Do Mini Cooper ao McLaren F1: os carros (e as corridas) de Rowan Atkinson

Dalmo Hernandes