A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História Zero a 300

Jaguar XJ220S: fibra de carbono, quase 700 cv e só seis unidades fabricadas

Se você tem certo fetiche por esportivos da década de 1990 (quem não tem, nestes tempos?), certamente venera o Jaguar XJ220. Não há como não fazê-lo: depois de prometer um motor V12 naturalmente aspirado com tração integral, desistir da ideia, adotar um V6 biturbo com tração traseira e, com isto, decepcionar 1.500 futuros compradores, o supercarro da Jaguar conquistou o recorde de carro mais veloz do mundo e, aos poucos, conquistou entusiastas do mundo todo com seu desempenho e sua bela carroceria. Com apenas 271 unidades fabricadas, o XJ220 no geral já é um carro raro o bastante. No entanto, existem exatamente seis exemplares do Jaguar XJ220S, versão ainda mais nervosa desenvolvida pela Tom Walkinshaw Racing, que foi a companhia encarregada pelo projeto desde o início. Na verdade, na segunda metade da década de 1980, foi a TWR que se aproximou da Jaguar com a ideia de construir um novo esportivo com motor V12 para vencer as 24 Horas de Le Mans da mesma forma que o C-Type ou o D-Type, que t

Matérias relacionadas

Os carros de R$ 120.000 a R$ 150.000 mais legais anunciados no GT40

Dalmo Hernandes

Civic Si: o carro que atacou o império dos “esportivos de adesivo” em 2007 | FlatOut 56

Juliano Barata

Passado do futuro: clássicos que já usavam recursos técnicos e de design dos carros de hoje

Leonardo Contesini