A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Avaliações

Aceleramos o Jimny Sierra: seria ele o Miata dos jipes?

Desde que a nova geração do Jimny foi apresentada lá fora, há pouco mais de um ano, surgiu uma hipótese em minha cabeça que só poderia ser validada avaliando o produto de dentro pra fora: a de que o Jimny havia se tornado, mais do que nunca, o Miata dos jipes. O que isso quer dizer? Primeiro, um veículo que harmoniza duas propostas antagônicas quase impossíveis de se conciliar: encantar tanto o entusiasta purista quanto quem precisa de algo racional para o dia a dia. Mas também um sério compromisso com o mínimo de peso possível, proporções diminutas, um estilo retrô e funcional ao mesmo tempo e um espectro gigantesco de público-alvo: de universitários de alta renda a pessoas de terceira idade. De todos estes tópicos, o Jimny de geração anterior, lançado mundialmente em 1998 incluindo o Brasil, não era exatamente retrô e pecava um pouco em suas funções como daily driver. Claro, compacto e econômico, mas a suspensão absorvia um pouco seco, vibrações eram transmitidas sem muita

Matérias relacionadas

Mercedes-Benz GLA 200 Vision chega ao Brasil: impressões ao volante

Juliano Barata

O espírito do Grupo B nas ruas brasileiras: o Audi S2 Sedan de 800 cv de Rodolfo Moreira

Juliano Barata

Aceleramos o Honda Civic Touring – e descobrimos as qualidades (e defeitos) da versão turbo

Leonardo Contesini