A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Carros Antigos História

King Cobra: o esquecido Shelby de motor central-traseiro

A contribuição de Carroll Shelby para o sucesso da Ford na década de 1960, tanto nas pistas quanto nas ruas, é inegável e amplamente reconhecida. Foi Shelby quem transformou o Ford Mustang em um esportivo de respeito ao criar o GT350 (e o GT500, logo depois), e sua genialidade brutal também ajudou o GT40 a superar a Ferrari nas 24 Horas de Le Mans – ainda que, no caso do GT40, todo o trabalho tenha sido feito na Kar Kraft, divisão da Ford criada especialmente para o desenvolvimento do esportivo. A ligação de Shelby com a Ford começou pouco antes, em 1962... por causa do Chevrolet Corvette. Há 60 anos, em 1959, Shelby abandonou a carreira de piloto por questões de saúde – ele tinha problemas cardíacos, e achava que pilotar carros de corrida acabaria o matando do coração, se não fosse em um acidente. Assim, ele decidiu voltar-se à construção de esportivos e carros de corrida. Radicado por um bom tempo na Inglaterra, Shelby conhecia bem os esportivos europeus, em especial os pequeno

Matérias relacionadas

Ícones dos anos 1990: Porsche Boxster

Marco Antônio Oliveira

Triumph Rocket III: a origem da “muscle bike” com o maior motor do mundo produzido em série

Dalmo Hernandes

Volkswagen SP2: a história do esportivo brasileiro admirado no mundo todo

Dalmo Hernandes