A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

Lada VFTS: quando o Laika se tornou um carro de rali do Grupo B

Basta mencionar brevemente o Grupo B de rali em qualquer lugar na Internet para ganhar likes, reblogs, compartilhamentos, retweets, menções, comentários ou qualquer outro sinal virtual de aprovação que se use hoje em dia. Mesmo quem nem havia nascido em 1983, quando ocorreu a primeira temporada do WRC sob o regulamento, diz que tem "saudade dos velhos tempos", mesmo sem tê-los vivido. Talvez você não soubesse, mas a lendária fabricante russa Lada também esteve no Grupo B, e colocou o nosso conhecido Laika para competir. Sim, amigos: um Lada do Grupo B. Ok, a Lada pode não ser lendária no sentido costumeiro da palavra, mas é fato que a companhia da antiga União Soviética é emblemática por uma mistura de fatores: a robustez de seus carros, a longevidade de seus projetos (o Niva está aí desde 1977 para provar) e toda a carga cultural que sua origem traz – algo que, novamente, com a popularização da internet e das redes sociais (leia-se: com a chuva de memes) ficou mais forte do

Matérias relacionadas

Subaru Levorg BTCC: uma perua WRX para acelerar no asfalto

Dalmo Hernandes

Elan M100: o único Lotus de tração dianteira

Marco Antônio Oliveira

Já imaginou como é estar dentro de uma limousine durante um acidente? (Dica: é feio)

Dalmo Hernandes